Como dar feedback negativo para o candidato (de olho na imagem da empresa)

0
Share

Como dar feedback negativo para o candidato sem causar frustração ou comprometer a imagem da empresa?

Pode apostar que todo profissional de RH já teve essa dúvida, e que muitos preferem não dar resposta alguma.

Mas este é o erro fatal: deixar o candidato no vácuo ao invés de informar sobre a reprovação, gerando uma péssima impressão da empresa.

É melhor aprender a dar um feedback negativo do que correr esse risco, concorda?

Então continue lendo e torne seu processo seletivo mais humano. 

Importância do feedback negativo para o candidato

Aprender como dar feedback negativo para candidato não é fácil, mas é fundamental para melhorar a experiência do seu processo seletivo.

Confira alguns motivos para nunca deixar os participantes sem resposta.

Garantir seu employer branding

O employer branding é a gestão da sua marca empregadora, que garante sua reputação e atratividade para talentos no mercado.

Segundo a pesquisa The State of the Candidate Experience, realizada em 2016 pela Carrer Arc, 60% dos empregadores entrevistados já se depararam com críticas ao seu processo seletivo publicadas na internet.

Isso significa que mais da metade dos profissionais pesquisados teve uma experiência ruim durante a seleção e compartilhou publicamente suas opiniões negativas sobre a empresa.

Já imaginou o impacto de comentários criticando seu processo seletivo em sites populares como o Glassdoor?

É claro que isso é péssimo para o seu employer branding e pode prejudicar sua capacidade de atrair os talentos certos — daí a importância de dar um retorno aos candidatos.

Destacar-se pela experiência do candidato

Por outro lado, se você oferecer uma experiência do candidato satisfatória, terá muito mais chances de se destacar como uma excelente empresa para se trabalhar.

Segundo o relatório 2018 Talent Board Candidate Experience Benchmark, os candidatos que recebem um feedback no mesmo dia da entrevista ou teste (negativo ou positivo) têm 52% mais chances de consolidar seu relacionamento com a empresa.

Ou seja: uma simples resposta demonstra o respeito da empresa pelo profissional e faz com que ele queira se candidatar a novas vagas, tornar-se cliente ou mesmo recomendar seus produtos e serviços aos amigos e familiares.

Além disso, a experiência do candidato é o primeiro passo para construir uma experiência do colaborador memorável. 

Humanizar o processo seletivo

A falta de retorno é tão comum nos processos seletivos que muitos candidatos já nem esperam por uma resposta.

Na pesquisa da Carrer Arc, 65% responderam que nunca, ou raramente, são notificados sobre o andamento da seleção, enquanto 51% afirmam que só receberam uma resposta depois de um mês.

Sabemos como a busca por emprego gera ansiedade e estresse, e esse quadro só piora quando as empresas não dão o mínimo feedback aos profissionais.

Por isso, cabe a você humanizar o processo seletivo na sua empresa, não apenas para melhorar sua reputação, mas também por uma questão de valores.

Construir seu banco de talentos

Ao oferecer um feedback honesto aos candidatos, você mantém as portas da empresa abertas para novas oportunidades e investe no seu banco de talentos. 

Assim, mesmo que o profissional não tenha se encaixado na vaga desta vez, nada impede que você entre em contato para preencher uma posição futura. 

Essa estratégia vai poupar tempo e dinheiro, pois você já terá avaliado o profissional e saberá exatamente qual o seu perfil. 

Como dar feedback negativo para candidato

Entendeu por que é importante saber como dar feedback negativo para o candidato?

Agora é só acompanhar nossas dicas para acertar na resposta.

Dê feedback o mais rápido possível

Quando o assunto é feedback em processo seletivo, a velocidade da resposta é importantíssima.

Lembre-se de que o candidato está esperando ansiosamente por essa ligação ou e-mail, e pode até mesmo depender do retorno para decidir sobre outras oportunidades.

Então, assim que souber qual é seu candidato aprovado, comunique imediatamente os outros participantes.

Adapte a resposta à etapa do processo

Outra dica essencial é adequar os feedbacks a diferentes etapas do seu processo seletivo.

Por exemplo, se o candidato não passou na triagem inicial, você pode enviar apenas uma mensagem breve por e-mail informando que não foi desta vez, mas que podem surgir novas oportunidades no futuro.

Inclusive, você pode automatizar os e-mails mais simples de aprovação e reprovação, facilitando ainda mais as respostas.

Agora, se o feedback negativo é sobre a última entrevista para o cargo, você terá que enviar uma mensagem mais completa e personalizada — ou mesmo telefonar para o candidato reprovado.

Evite comparações

Um dos erros mais comuns do feedback negativo para os candidatos é comparar seu desempenho com o dos concorrentes.

Ao invés de dizer que o outro candidato tinha as competências desejadas, você pode simplesmente mencionar quais habilidades o profissional poderia desenvolver.

Assim, você não gera frustração no candidato reprovado e ainda incentiva a busca pela capacitação. 

Reforce os pontos positivos e dê dicas

No caso dos feedbacks mais detalhados, você deve ressaltar os pontos positivos do candidato na entrevista antes de falar sobre as falhas.

Depois, é importante ser honesto e dizer quais pontos podem ser melhorados.

Afinal, tudo o que o candidato quer são dicas para se sair melhor na próxima entrevista, e não custa nada ajudá-lo a melhorar seu desempenho.

Com certeza, ele ficará muito grato pela sua atenção e terá uma excelente impressão da empresa.

Deixe as portas sempre abertas

Por fim, deixe claro que um feedback negativo não é o fim do relacionamento com a empresa.

Agradeça a participação do profissional e diga que vai entrar em contato para novas oportunidades no futuro, que se encaixem melhor em seu perfil.

Pode parecer clichê, mas basta você cumprir essa promessa para criar uma experiência do candidato muito acima da média.

Viu como o feedback negativo não tem mistérios? 

É o mínimo que todo profissional espera da empresa, e você pode se diferenciar com essa simples atitude. 

No marketplace de talentos da Revelo, por exemplo, as empresas são encorajadas a dar o feedback aos candidatos logo após a entrevista.

Assim, todos os profissionais terão uma boa imagem da sua organização — contratados ou não.

E você, como trata o feedback negativo para os candidatos?

Deixe um comentário com sua visão sobre o tema.

Related Posts