Como montar equipe de trabalho: passo a passo para acertar

0
Share

Não sabe bem como montar uma equipe de trabalho?

Então você chegou ao lugar certo.

Nós entendemos que é difícil selecionar a equipe e organizar sua dinâmica de trabalho, especialmente no mercado de tecnologia, de velocidade e mudanças tão intensas.

Por isso, essa é uma atividade que requer planejamento em várias etapas, desde a definição das vagas disponíveis ao processo de recrutamento e seleção.

Nem sempre é fácil analisar o perfil de tantos candidatos em busca do mais capacitado para o cargo.

No entanto, com atenção a todos os detalhes, é possível encontrar os melhores profissionais do mercado para montar a equipe de trabalho.

Neste texto, confira dicas para criar a equipe, um passo a passo para o recrutamento e como a tecnologia pode facilitar todo esse processo na empresa. Confira.

Como montar equipe de trabalho

Montar uma equipe de trabalho vai muito além do processo de recrutamento. Confira cinco passos essenciais:

1. Faça um planejamento

O primeiro passo é definir qual objetivo está por trás da criação de uma equipe de trabalho.

Pode ser que a demanda de trabalho exceda a capacidade produtiva da equipe atual, ou, então, que você atue individualmente e precise de um time para crescer a empresa, por exemplo.

O que importa é que esse planejamento será a base para definir todas as estratégias de montagem da equipe.

2. Crie um plano de cargos e salários

Fazer um plano de cargos e salários é primordial para montar uma equipe com os profissionais certos e considerar não apenas uma remuneração justa, mas também a saúde financeira do negócio.

Os cargos estabelecidos devem estar de acordo com a demanda da empresa, assim como a remuneração precisa ser compatível com as exigências de cada função.

Nesse caso, fazer uma pesquisa sobre a média salarial do mercado e benefícios oferecidos por empresas da área é uma ferramenta necessária.

3. Defina o processo de recrutamento

O processo de recrutamento precisa ser bem estabelecido antes mesmo de começar.

Defina-o como um todo: responsáveis por cada fase do recrutamento, modelo de entrevista para cada cargo, etapas do processo e de que maneira serão conduzidas.

  • Faça perguntas como:Qual é o prazo da contratação?
  • Como serão feitas as entrevistas?
  • Quantas etapas terá o processo?

4. Contrate de acordo com a cultura organizacional

Se a empresa não tem uma cultura organizacional, esse é o momento para elaborar uma.

A cultura organizacional guia as práticas, comportamentos e valores da empresa. Por isso, os profissionais da nova equipe devem ter perfil adequado a ela.

Em um artigo para a revista Forbes, Andy Bailey, CEO da Petra Coach, destaca: “É crucial ficar vigilante e buscar por pessoas que estão alinhadas com o que é mais importante para você e sua empresa”.

5. Dê feedback à equipe montada

Não adianta montar uma equipe se você não ajudá-la a se desenvolver.

O feedback construtivo aos profissionais é a melhor maneira de incentivá-los a crescer.

Para Amy Gallo, editora contribuinte da Harvard Business Review, um bom feedback é essencial para manter a equipe engajada, focada e com motivação.

Como recrutar equipe de trabalho

Durante a criação de uma equipe, é preciso dar uma atenção especial para a seleção.

Um recrutamento inteligente é capaz de atrair os melhores talentos de mercado e potencializar a equipe. Veja, a seguir, um passo a passo para recrutar.

1. Envolva várias pessoas no processo

Como o recrutamento é composto por etapas, o ideal é envolver diferentes profissionais da empresa no processo.

Você pode, por exemplo, delegar tarefas: buscador de talentos, entrevistadores, responsável pelo feedback aos candidatos, gerente de contratação, por exemplo.

Isso impede que o processo fique concentrado nas mãos de uma ou poucas pessoas, uma vez que, se elas estiverem sobrecarregadas, o andamento pode sair prejudicado.

Mas claro que isso também depende do tamanho da empresa.

Se ela ainda não possui um setor específico de RH, a delegação de tarefas também deve se adaptar a essa realidade.

2. Use a tecnologia

Hoje em dia, fazer o recrutamento por meio da tecnologia é essencial para encontrar os melhores profissionais, sobretudo no mercado tech, em que a prática já é recorrente.

Por isso, o marketplace de talentos é a melhor maneira de recrutar candidatos altamente qualificados e com todas as competências necessárias para a vaga.

Mas, para isso, é necessário atentar para a descrição da vaga: além dos aspectos de formação, informe as hard skills e soft skills desejadas, responsabilidades do cargo e faixa salarial.

3. Faça uma filtragem de candidatos

Reserve o momento da entrevista apenas para profissionais que apresentem as características necessárias para as vagas.

Para esse filtro inicial, foque sua atenção nas competências técnicas, as chamadas hard skills, dos candidatos.

Aí, é hora de chamar os candidatos pré-selecionados para a entrevista.

4. Prepare-se para entrevistar

Preparação é essencial para entrevistar um candidato.

O ideal é criar um roteiro com tópicos que devem ser abordados na entrevista.

Uma avaliação atenta do currículo ajuda. Só assim é possível avaliar quais pontos precisam ser melhor explorados e quais dúvidas precisam ser respondidas durante a entrevista.

5. Avalie hard e soft skills

Durante as entrevistas, avalie tanto as hard skills (competências técnicas) quanto as soft skills (habilidades de comportamento) de cada candidato.

Lembre-se de que o melhor profissional para vagas de tecnologia é aquele que apresenta habilidades nesses dois âmbitos.

Isso porque não basta ele saber executar as tarefas referentes ao cargo, por mais complexas que sejam. Também precisa saber se relacionar com o restante da equipe.

Com essa avaliação, você terá um embasamento sólido para contratar com assertividade.

Como montar equipe de trabalho com a Revelo

Já conhece a solução de recrutamento e seleção que a Revelo oferece?

A Revelo é um marketplace de talentos que auxilia as empresas a encontrarem profissionais altamente qualificados e adequados às necessidades da vaga.

A plataforma é voltada para o mercado de tecnologia: inclui vagas para desenvolvedores, profissionais de marketing digital, finanças, business intelligence, dados e design.

Ou seja: todos os profissionais que você busca estão lá.

Com a solução, o tempo de recrutamento — entre a abordagem e o aceite da proposta final — tem, em média, 14 dias.

Esse processo ocorre em um período 75% mais rápido que consultorias e sites.

Funciona assim: você cadastra a sua empresa na plataforma e descreve habilidades e exigências para o cargo disponível.

Quanto mais completa for a descrição, melhor, porque a Revelo utiliza testes adaptativos, machine learning e algoritmos que conectam sua empresa aos profissionais mais capacitados à vaga.

Esse cruzamento de dados tira a necessidade de o gestor ou analista de RH dedicar seu tempo à primeira filtragem de currículos. Visto que a plataforma faz isso de forma automatizada.

Além disso, todo processo de agendamento de entrevistas e feedback aos candidatos é feito por intermédio da plataforma. Isso reduz o tempo que você gastaria com essas atividades.

Enquanto a Revelo faz toda parte operacional do recrutamento e seleção. Você ganha tempo para investir na parte estratégica, que consiste em entrevistar os candidatos e analisar qual é a melhor contratação.

Mais de 3.000 empresas já estão na Revelo. Você não quer ficar de fora, certo?

Cadastre-se agora mesmo na plataforma e atraia os melhores profissionais do mercado para a sua empresa.


Related Posts