Como usar o banco de talentos para atrair os melhores profissionais

0
Share

O banco de talentos é uma ferramenta importante para a atração dos melhores profissionais para a sua empresa.

Com essa base de dados, você se conecta mais facilmente aos talentos que se interessam pelo seu produto ou serviço.

Dessa forma, na hora de contratar, abre o processo de seleção a partir de nomes já filtrados de seu banco e assim economiza tempo e recursos no recrutamento.

Ficou interessado em usar o banco de talentos para acelerar a contratação e facilitar a conexão com os melhores profissionais de sua área?

Então siga a leitura para saber tudo sobre o assunto.

O que é o banco de talentos

O banco de talentos é uma base de dados que reúne as informações de candidatos a vagas da empresa.

Nessa relação, podem constar nome e sobrenome, contatos, experiência, competências específicas, função ou cargo pretendido, empregadores anteriores, referências, entre outros.

Para acessá-lo, o candidato normalmente utiliza o site da empresa, que traz um link específico para o cadastro.

Ali o profissional completa todas as informações requeridas, recebe um e-mail de agradecimento e confirmação e então espera a divulgação de novas vagas em sua área.

Para a empresa, essa é uma maneira simples de encurtar o caminho até os grandes talentos do mercado.

Em vez de correr atrás dos profissionais, por que não deixar que eles venham até você?

Mas atrair os nomes mais qualificados não é tarefa fácil.

Eles precisam conhecer a sua empresa, se engajar com sua marca e demonstrar a intenção de trabalhar ali preenchendo o cadastro.

Como usar o banco de talentos

Muitas empresas relegam o banco de talentos a um item obrigatório e irrelevante do site, lá no fim da página, em um canto pouco visível.

Elas não valorizam essa ferramenta como uma plataforma de conexão direta com os profissionais do mercado que se identificam com a organização.

Dessa forma, deixam passar a oportunidade de criar um atalho para chegar mais facilmente a essas pessoas e, assim, acelerar o processo de contratação e tornar o recrutamento muito mais barato.

Por isso, se você quer aproveitar ao máximo o banco de talentos, deve considerá-lo uma peça importante do setor de Recursos Humanos.

Ali pode ser o primeiro contato da empresa com um futuro gerente, um analista de Business Intelligence de destaque, um head da equipe de desenvolvedores, etc.

Assim, é importante tirar o banco de talentos do segundo plano e trazê-lo para a mesa de planejamento.

Como extrair o máximo dessa ferramenta?

É o que vamos descobrir a seguir.

Banco de talentos passo a passo

Veja passo a passo como usar o banco de talentos para contratar profissionais de alto nível:

  1. Organize quais são todas as funções e cargos de sua empresa
  2. Investigue se há possíveis demandas que não estão sendo preenchidas pelos colaboradores atuais
  3. Em uma planilha, crie o painel de competências, habilidades e possíveis experiências mais recomendadas para cada um dos cargos
  4. Use todas essas informações para arquitetar sua base de dados para o banco de talentos. Quais campos e dados os candidatos deverão preencher para que os maiores talentos se destaquem rapidamente?
  5. Combine com o time de desenvolvedores e UX/UI designers como as informações serão preenchidas e encaminhadas para o setor de RH, de maneira prática, escalável e que propicie um olhar macro e micro sobre cada um dos candidatos
  6. Escolha uma interface intuitiva e fácil para o candidato, lembrando de exigir dados de acordo com o perfil da área. Exemplo: talvez não seja necessário perguntar quais linguagens de programação conhece o analista de redes sociais.
  7. Publique o banco de dados em destaque no site, para oferecer essa possibilidade ao usuário que estiver interessado na sua página.
  8. Defina uma filtragem automática de currículos e dados para que futuras seleções possam partir de uma base de candidatos que obedecem a critérios selecionáveis
  9. Dê início a um relacionamento com todos os nomes do banco de talentos, por meio de e-mails periódicos e convites para que eles curtam suas redes sociais. Dessa forma, esses profissionais vão ter ainda mais vontade de trabalhar em sua empresa e podem manifestar esse interesse para conhecidos, amigos e colegas. Tudo isso favorece a atração dos grandes talentos.
  10. Converse com seus colaboradores para que todos indiquem nomes para o banco de talentos. A indicação de profissionais nos quais você confia pode contar pontos no processo de filtro dos melhores nomes para a próxima rodada de contratações.

Pronto, agora você sabe como construir o seu banco de talentos.

Mas será que essa ferramenta, por si só, basta? Ou será possível ir além desse esforço para captar os melhores profissionais?

É o que veremos em seguida.

Atração de profissionais precisa ir além do banco de talentos

A criação de um bom banco de talentos, seguindo todos os passos anteriores, ainda não é o suficiente para buscar os grandes profissionais do mercado.

Para isso, você precisa ir um pouquinho além e criar uma estratégia de exposição de sua marca, produto e serviço para apresentar aos profissionais que você quer trabalhando na sua organização.

É simples: como e por que eles vão se cadastrar no banco de talentos se eles não reconhecem o valor de sua empresa?

Então, é hora de usar táticas de inbound marketing, o marketing de atração, para captar talentos.

Confira algumas práticas recomendadas:

Blog

Comece a publicar conteúdo de sua empresa e de assuntos relacionados ao seu nicho de atuação para que usuários de sua área comecem a perceber valor na sua organização.

Com técnicas de SEO (Search Engine Optimization), você pode levar seu conteúdo para o topo do Google para as buscas que mais fazem sentido na atração de talentos.

Ao criar seus posts, lembre de atuar em duas frentes, uma delas abordando assuntos que vão interessar ao seu público e outra reforçando os aspectos positivos de sua organização.

Para isso, não se concentre apenas em publicações divulgando ações da empresa, mas lembre de mencioná-las quando julgar apropriado, em meio a outros materiais.

Para que a estratégia funcione, é importante traçar, antes de tudo, uma definição clara de quem será o seu público-alvo.

A partir dessa definição, você pode adequar o tom de voz, o estilo de texto e a pauta.

Redes sociais

Utilize Facebook, Instagram, LinkedIn e outras mídias sociais para atingir rapidamente o seu público com o uso de publicações patrocinadas, que não devem se restringir à divulgação do conteúdo de seu blog.

Nelas, capriche nas imagens e adote textos curtos, direto ao ponto.

Nos anúncios, lembre de fazer testes para encontrar seu público: idade, localização, profissão, interesses e nível de escolaridade são alguns dos parâmetros à disposição.

Materiais ricos

E-books, infográficos, workshops e aulas em vídeo ajudam a capturar leads que se interessam pela sua empresa e que podem entrar no seu banco de talentos.

Eles devem ser conteúdos mais profundos, que realmente valham a pena e o esforço do usuário.

Em todos esses materiais, é importante caprichar na apresentação e no visual, para oferecer a melhor experiência possível ao leitor.

Para criá-los, você pode investigar quais são as dúvidas mais comuns em relação ao seu produto ou serviço e pode analisar palavras-chave relacionadas em buscas do Google.

Será a partir desses materiais que você vai filtrar aqueles usuários que estão mais interessados na sua empresa e que poderão fazer parte do seu banco de talentos no futuro.

E-mail marketing

A partir dos e-mails registrados no banco de talentos e no funil de vendas estabelecido com os materiais ricos, ofereça conteúdo regularmente por e-mail, para estreitar relações com possíveis candidatos sem depender dos algoritmos do Facebook e do Instagram.

Com os e-mails, você deve reforçar o seu relacionamento com esses leitores.

Crie conteúdos relacionados a sua empresa, que possam ser úteis para eles, e estabeleça uma periodicidade para as mensagens.

Vale fazer referências e links com o blog.

Em todas essas plataformas, não esqueça que o objetivo final é apresentar a sua empresa como um bom lugar para trabalhar.

Então, antes de criar as pautas, entenda quais são seus pontos fortes e diferenciais para mostrar, ao longo das publicações, que você valoriza de verdade seus colaboradores e que o seu banco de talentos é um ótimo caminho para os melhores profissionais da área.

Encontre os melhores talentos

Além de construir o seu banco de talentos de olho nas dicas deste artigo, é interessante utilizar a tecnologia para encontrar os melhores profissionais para a sua empresa.

Para isso, é hora de conhecer a Revelo, uma plataforma que conecta os grandes talentos às empresas mais inovadoras do mercado.

Essa solução identifica os melhores perfis para as suas vaga e facilita o contato com os candidatos, filtrando os profissionais que detêm os conhecimentos e as experiências que você mais precisa na sua empresa.

Por meio de uma ampla base de dados e machine learning, a plataforma permite a redução do tempo de contratação de 39 para 14 dias.

Dessa forma, você reforça o seu processo de recrutamento em duas frentes.

Você recebe currículos e portfólios de candidatos que estão interessados na sua empresa.

E ao mesmo tempo, reduz a distância até as competências e experiências desejadas ao lançar novas vagas em uma plataforma inteligente.

Gostou das dicas? Faça o seu cadastro na Revelo.

Related Posts