Contratar desenvolvedores PHP: confira tudo o que você precisa saber

0
Share

Quer contratar desenvolvedores PHP? Confira as principais habilidades e atribuições desse profissional e saiba como contratar o talento ideal na Revelo.

Embora não seja uma linguagem em ascensão, muitas empresas precisam contratar desenvolvedores PHP. Prova disso, é que essa linguagem ainda é usada por grandes empresas como WordPress, Wikipedia, Slack e Facebook, entre outras.

Além disso, o PHP permanece no top 10 do ranking da Stack Overflow entre as linguagens de programação mais populares entre os desenvolvedores de todo mundo.

Por isso, se você precisa contratar desenvolvedores PHP, descubra como essa linguagem é utilizada, as principais habilidades e atribuições desse profissional e como contratar o talento ideal na Revelo.

Confira a seguir o conteúdo que preparamos para você!

O que é PHP?

PHP é usado principalmente para construir sites interativos e responsivos e está entre as primeiras tecnologias do lado do servidor que podem ser incorporadas em HTML, tornando mais fácil criar funcionalidade nas páginas da web.

Foi criado por Rasmus Lerdorf em 1995, e tem a produção de sua implementação principal mantida por uma organização chamada The PHP Group. O nome PHP é um acrônimo recursivo para PHP: Hypertext Preprocessor.

De acordo com pesquisa da W3Techs de abril de 2021, 78,9% dos sites utilizam PHP como a linguagem de programação do lado servidor.

Em geral, PHP pode ser usado para:

  • Enviar e receber cookies;
  • Criar o conteúdo da página;
  • Saída de arquivos PDF e imagens;
  • Criptografar dados;
  • HTML de saída.

Além disso, a linguagem PHP permite criar aplicativos com agilidade, pois os desenvolvedores têm acesso a diversos frameworks e bibliotecas para criar funções comuns e não gastar muito tempo codificando do zero.

Os frameworks aumentam a eficiência no desenvolvimento do projeto e incentivam os desenvolvedores a seguir as melhores práticas de codificação. Entre os mais populares estão: Symfony, Laravel, Laminas Project, CakePHP.

O que faz um desenvolvedor PHP?

Como a linguagem PHP é muito flexível, os desenvolvedores especializados podem ser responsáveis ​​por muitas tarefas. Confira algumas delas a seguir:

  • Desenvolvimento de sites, aplicativos e programas;
  • Escrever, testar e manter um site ou código de aplicativo;
  • Depuração e solução de problemas de segurança e problemas de código;
  • Elaborar especificações detalhadas;
  • Contribuir em todas as fases do ciclo de vida de desenvolvimento;
  • Desenvolver e implementar novos recursos para simplificar procedimentos;
  • Trabalhar em equipe para desenvolver e refinar soluções de software.

Confira 7 razões que tornaram a linguagem PHP popular:

  1. Código aberto e gratuito;
  2. Plataforma independente;
  3. Compatível;
  4. Construído para a web;
  5. Dimensionamento;
  6. Excelentes CMS’s;
  7. Integra-se facilmente com AJAX.

Hard Skills mais comuns dos desenvolvedores PHP

Além de ter um conhecimento profundo de PHP, o desenvolvedor precisa conhecer outras linguagens de front-end, como HTML, CSS e JavaScript. Isso os ajudará a detectar erros em sites e aplicativos para que possam criar uma experiência de usuário ideal.

Confira mais algumas habilidades técnicas:

  • Bancos de dados MySQL, Oracle e PostgreSQL;
  • Conhecimento de padrões de design de PHP;
  • Ferramentas Composer e PHPUnit;
  • APIs – SOAP e REST;
  • Unix e Linux;
  • Arquitetura MVC;
  • OOP – Programação Orientada a Objetos.

Confira alguns requisitos para contratar:

  • Experiência comprovada em desenvolvimento de softwares em PHP;
  • Compreensão de projetos de código aberto: Joomla, Drupal, Wikis e osCommerce;
  • Conhecimento de tecnologias web, como HTML, CSS, JavaScript, AJAX etc;
  • Bancos de dados relacionais e ferramentas de controle de versão;
  • Experiência em APIs – SOAP e REST comuns (Google, Facebook, eBay etc.);
  • Bacharelado em Ciência da Computação, Engenharia ou cursos técnicos na área.

Softs skills desejáveis:

Antes de contratar desenvolvedor PHP, é essencial avaliar também as soft skills do candidato para identificar quais as habilidades comportamentais estão em sintonia com a empresa. Confira:

  • Boas habilidades de comunicação: necessário para trabalhar com a equipe de desenvolvimento, clientes e outras pessoas da empresa fora da área de tecnologia.

  • Empatia pelos membros da equipe: esta é uma habilidade importante que ajudará a todos a encontrar soluções mais rápidas para os problemas.

  • Habilidades de resolução rápida de problemas: o desenvolvedor PHP ideal deve estar motivado para enfrentar problemas complexos e apresentar soluções exclusivas;

  • Motivação: uma qualidade essencial para este profissional é a motivação por criar algo inovador. Desta forma, também poderá motivar outras pessoas da equipe.

  • Resolução de problemas: esse profissional precisa encarar os desafios diários com eficiência para encontrar as melhores soluções.

5 Perguntas para entrevista com desenvolvedores PHP 

  1. Quais são os principais erros em PHP e como eles diferem?
  2. Qual é a diferença entre as funções include () e require ()?
  3. Como você pode habilitar o relatório de erros em PHP? 
  4. Quais são os três níveis de escopo disponíveis no PHP e como você os definiria?
  5. O que MVC representa e o que cada componente faz?

Confira a média de salário dos desenvolvedores PHP

A média salarial dos desenvolvedores PHP varia conforme o nível hierárquico. Confira a seguir:

  • Desenvolvedor PHP Junior (1 a 2 anos de experiência) entre R$ 2.000 a R$4.000.
  • Desenvolvedores PHP Pleno (3 a 6 anos de experiência) entre R$ 3.000 e R$5.000.
  • Desenvolvedores PHP Sênior (5 a 8 anos de experiência) entre R$ 8.000 a R$10.000.

Revelo: encontre o talento ideal para sua empresa

Desenvolvedor de software

No marketplace de talentos Revelo, você encontra desenvolvedores PHP com as habilidade e experiências desejadas, de forma ágil e humanizada.

Além disso, com a opção Revelo Remoto, sua empresa pode realizar o processo seletivo de forma totalmente digital, desde a entrevista até a assinatura do contrato. Experimente!

Related Posts