Contratar desenvolvedores: confira os erros mais comuns nesse processo

0
Share

Ao contratar desenvolvedores é comum ocorrer alguns erros no processo. Afinal, o recrutamento deve ser feito com uma estratégia eficaz, para atrair os melhores talentos para sua empresa. Confira!

Com a área de tecnologia em pleno crescimento no país, contratar desenvolvedores é fundamental para muitas empresas. No entanto, o recrutamento desse profissional deve ser feito com uma estratégia eficaz, para que não ocorram erros comuns.

Afinal, quando as empresas improvisam sua estratégia de recrutamento, correm o risco de perder candidatos de alto potencial para outras empresas. Por isso, saiba como evitar esses erros para encontrar o talento ideal com a ajuda da Revelo.

Confira 8 erros mais comuns no recrutamento de desenvolvedores !

1. Procurar no lugar errado

O primeiro erro comum é procurar desenvolvedores em sites de emprego tradicionais. Neste caso, os índices de candidaturas são baixíssimos, resultando em tempo e dinheiro investidos à toa.

Para isso, é recomendado escolher uma plataforma de recrutamento online eficaz. Desta forma, poderá transmitir aos candidatos mais seriedade no processo, além de ganhar mais produtividade na seleção do talento ideal para sua empresa.

Além disso, muitos candidatos usam seus smartphones para procurar emprego. Uma solução é escolher uma plataforma que também ofereça a opção de aplicativo, desta forma o candidato poderá buscar uma oportunidade na plataforma de onde estiver.

2. Errar na descrição da vaga

A descrição da vaga ou job description é essencial para qualquer posição, e se torna especialmente importante no caso dos desenvolvedores. Afinal, esses profissionais desejam encontram informações objetivas e uma descrição detalhada das responsabilidades, requisitos e benefícios da vaga.

Uma sugestão para não errar na descrição da vaga é ouvir o feedback dos desenvolvedores atuais da equipe para entender todos os detalhes da função. Em seguida, ficará mais simples criar uma descrição sólida e que fale com os candidatos ideais. 

3. Exagerar na burocracia

Nada é mais frustrante para um profissional de tecnologia do que enfrentar etapas intermináveis em um processo seletivo, ou perder tempo com testes técnicos muito extensos. Por isso, é preciso buscar métodos ágeis e eficientes para testar as competências técnicas dos desenvolvedores.

Entretanto, ao criar uma estratégia de recrutamento para desenvolvedores, é preciso ter em mente que o tempo do profissional é curto e sua linguagem é naturalmente mais objetiva.

4. Falhar na triagem

A seleção dos candidatos para a vaga de desenvolvedor merece atenção especial dos recrutadores. Neste processo, cada detalhe é fundamental para fazer a seleção dos currículos e avaliar qual desenvolvedor deve ser selecionado para o processo.

Por exemplo, é preciso conhecer os requisitos do projeto, o tipo de negócio e o conjunto de tecnologias utilizadas na empresa.

Além disso, é essencial entender se você precisa de um desenvolvedor Front-End, Back-End ou Full- Stack e qual o nível de desenvolvedor deve contratar.

5. Ter critérios altos demais

Muitas empresas tendem a buscar “superstars” do desenvolvimento, exigindo inúmeras competências do mesmo profissional e sem abrir mão de nenhuma habilidade sequer.

É importante lembrar que os softwares e sistemas são criados em equipe, e de nada adianta ter um super desenvolvedor sem a integração adequada e equilíbrio de competências.

6. Avaliar mal as hard skills

O maior receio dos recrutadores que não entendem muito de tecnologia é deixar passar critérios importantes sobre as hard skills (competências técnicas) dos candidatos.

No entanto, a maioria dos profissionais de tecnologia é ativa em comunidades online públicas, como GitHub e Stack Overflow, proporcionando uma visão em primeira mão de seu conhecimento e conjunto de habilidades. 

  • Stack Overflow é uma comunidade online pública para desenvolvedores e engenheiros perguntarem e responderem às perguntas técnicas uns dos outros.
  • GitHub é uma ferramenta online onde são armazenadas versões de código de forma pública ou privada. É usado também para que os desenvolvedores se atualizem e experimentem outros códigos, além de ser um espaço para troca de informações técnicas.

Nessa avaliação, peça a ajuda de um membro da equipe de TI para avaliar a qualidade do código publicado pelo candidato nas comunidades online.

Outra opção, é avaliar as hard skills com testes práticos simples supervisionados pelos gestores de TI. De preferência, os testes devem apresentar desafios dinâmicos para não serem vistos como uma parte desinteressante do processo.

7. Ignorar as soft skills

Apesar da imagem altamente técnica dos desenvolvedores, as soft skills (competências comportamentais) também são importantíssimas e não podem ser ignoradas.

Para trabalhar em equipe, esses profissionais precisam de habilidades em comunicação e relacionamentos interpessoais, por exemplo.

Outro ponto essencial é a adequação à cultura da empresa, ou fit cultural, que determina se o candidato irá se adaptar ao modo de trabalho, valores e princípios da empresa.

8. Escolher experiência em vez de potencial

Uma das maiores qualidades de um desenvolvedor é sua capacidade de aprender. Pois, as linguagens de programação estão sempre evoluindo e, consequentemente, as novas tecnologias exigem atualização constante.

Para acertar na contratação desse profissional, não basta avaliar a experiência e domínios pré-definidos, pois o potencial de aprendizado do candidato tem alto valor para o futuro do colaborador na empresa.

9. Fazer suposições falsas

Deixar de perguntar aos candidatos quais são seus objetivos de longo prazo e supor sobre seus interesses de carreira é a maneira mais fácil de perder um bom candidato.

Dedique uma pergunta para indagar sobre seus objetivos e ambições de carreira para ter certeza de que, caso ocupem o cargo, estejam alinhados com o desenvolvimento e progressão na carreira que a empresa é capaz de oferecer.

10. Não investir em tecnologia

Há algum tempo, a tecnologia está impactando a forma como os recrutadores e profissionais de RH fazem seu trabalho. Por isso, para encontrar os melhores talentos, é comum as empresas usarem recursos tecnológicos para aumentar a produtividade e a eficiência de suas práticas de recrutamento. 

Se o objetivo é atrair talentos em tecnologia, as empresas devem avaliar sua estratégia de recrutamento e resolver qualquer falha que represente alguma dificuldade para o candidato. Por exemplo, o uso de plataformas de recrutamento ultrapassadas.

Uma boa estratégia é utilizar uma plataforma online eficaz e com um fluxo descomplicado e transparente. Com certeza, isso ajuda a fortalecer a maneira como os candidatos navegam no processo de recrutamento, criando uma experiência positiva para o candidato.

Revelo: encontre o talento ideal para sua empresa

No marketplace de talentos Revelo, você encontra profissionais de TI de acordo as habilidades e experiências desejadas, de forma ágil e humanizada.

Além disso, com a opção Revelo Remoto, sua empresa pode realizar o processo seletivo de forma totalmente digital, desde a entrevista até a assinatura do contrato.

Ganhe tempo para contratar desenvolvedores

Outra opção para contratar desenvolvedores qualificado em tempo recorde é o Revelo Prime. Ao utilizar esse serviço, você contará com a consultoria exclusiva de um de nossos recrutadores para encontrar os melhores talentos para sua empresa.

Dessa forma, agilizamos o processo de seleção e, em até 10 dias indicamos os candidatos ideais para sua análise e decisão. Experimente!

Cadastre-se na Revelo e comprove a eficiência da
melhor plataforma de recrutamento online!

Related Posts