Desenvolvedor Java: Carreira, Salário e Vagas

0
Share

Quer contratar um desenvolvedor Java ou encontrar a vaga perfeita na área?

Seja qual for o objetivo, você precisa conhecer melhor a carreira e a situação atual da profissão no mercado brasileiro e internacional.

É consenso geral que as carreiras de TI estão em alta, que a era digital está em plena ascensão e que as vagas em tecnologia vão se multiplicar nos próximos anos.

Mas, e quanto à linguagem de programação Java?

Será que a líder global de aplicações e sua imensa comunidade vão continuar no topo?

Para descobrir, vamos investigar os cargos, salários e vagas disponíveis para desenvolvedores que escolhem o ecossistema Java.

Confira o conteúdo que preparamos:

  • Quem é o desenvolvedor Java
  • Salários no Brasil e no mundo
  • Vagas para desenvolvedores Java
  • Recrutamento e seleção de desenvolvedores.

Ficou interessado(a) no panorama da profissão?

Então siga a leitura e confira as tendências mais recentes.

Quem é o desenvolvedor Java

O desenvolvedor Java é um profissional que desenvolve e implanta sistemas nessa linguagem de programação, além de analisar e testar programas já desenvolvidos.

Hoje, existem mais de 9 milhões de desenvolvedores Java no mundo e 13 bilhões de dispositivos que executam a linguagem, segundo a Oracle.

Lançada em 1995 pela empresa Sun Microsystems e adquirida pela Oracle em 2008, a tecnologia serve de base para todos os tipos de aplicação em rede.

Atualmente, o Java ainda é considerado padrão global para desenvolvimento e distribuição de aplicações móveis e incorporadas, jogos, conteúdo web e softwares corporativos.

De aplicativos para Android até sondas espaciais da Nasa, não há limites para o que pode ser feito com a linguagem.

Devido à sua popularidade, conta com o apoio e patrocínio das maiores empresas de tecnologia do mundo, incluindo Oracle, IBM, Cisco Systems, Samsung e Apple.

Em resumo, o Java possui as seguintes características:

  • Orientação a objetos
  • Portabilidade e independência de plataforma
  • Robustez e segurança
  • Alta performance de execução
  • Sintaxe similar a C/C++
  • Simplicidade na especificação
  • Carga dinâmica de código.

Os desenvolvedores de software escolhem o Java pela sua versatilidade e eficiência, pois a linguagem foi testada, refinada e estendida por uma ampla comunidade mundial.

O mote inicial da tecnologia é “escreva uma vez, execute em qualquer lugar”, daí sua flexibilidade em aplicações multiplataforma.

Carreira do desenvolvedor Java

A carreira do desenvolvedor Java é repleta de oportunidades que vão além da programação e alcançam níveis de gestão e liderança em projetos.

Dentro do universo Java, há vários cargos possíveis para atuação, como desenvolvedor web, desenvolvedor de aplicativos e analista de testes e consultor.

Geralmente, os desenvolvedores começam na etapa júnior, quando adquirem a habilidade de escrever códigos simples e entender o ciclo de vida das aplicações.

No nível pleno e sênior, os desenvolvedores já são proficientes na linguagem e conseguem criar aplicações do começo ao fim, a partir dos códigos mais complexos.

Quando atingem a experiência necessária para exercer cargos de liderança, se tornam gerentes de desenvolvimento, arquitetos e engenheiros de TI.

No patamar mais alto, está o CTO (Chief Technology Officer) ou diretor de tecnologia, responsável pela visão estratégica, planejamento e execução de todas as demandas tecnológica da organização.

No Índice TIOBE, que atualiza mensalmente as linguagens de programação mais populares, o Java aparece na primeira posição para abril de 2019.

Desde 2001, as linguagens Java e C se alternam no topo do ranking, com predominância da primeira.

Na lista de 2019 da GitHub, plataforma de hospedagem de código-fonte conhecida como “o Facebook dos desenvolvedores”,  o Java aparece em segundo lugar entre as linguagens mais importantes.

Ao mesmo tempo, o Bureau of Labor Statistics dos EUA prevê um crescimento de 24% para a carreira de desenvolvedor de software, 15% para desenvolvedor web e 57% para desenvolvedores de aplicativos mobile.

Considerando que o Java é a base para aplicativos Android, a tendência é que as oportunidades se multipliquem na carreira.

Além disso, o ecossistema Java é um dos mais maduros, com uma comunidade gigantesca de desenvolvedores, entusiastas e apoiadores ao redor do mundo.

Salário do desenvolvedor Java

Segundo o Love Mondays, o salário médio de um desenvolvedor Java no Brasil é de R$ 5.170 ao mês.

O maior salário registrado é de R$ 13.124, e o menor de R$ 964.

Para o cargo de desenvolvedor sênior, a média é de R$ 8.343, contra R$ 4.991 do nível pleno e R$ 3.023 do nível júnior.

De acordo com o Glassdoor, o salário médio para desenvolvedor Java nos EUA é de US$ 7.343 mensais, com US$ 6.308 para o nível júnior e US$ 8.878,50 para o nível sênior.

Já o estudo Panorama de Salários em Tecnologia 2018, realizado pela Revelo, mostra que o salário médio dos desenvolvedores em território nacional atingiu R$ 6.452.

Na cidade de São Paulo, o valor fica um pouco acima da média: R$ 6.721,69.

Em seguida, vêm Rio de Janeiro, com R$ 6.511,45, e Belo Horizonte, com R$ 5.528,42.

A pesquisa também mostra a evolução dos salários por senioridade: o nível júnior registra R$ 5.003, o pleno de R$ 5.502 a R$ 6.818 e o sênior R$ 8.539.

Para os desenvolvedores focados em Java, o salário médio é de R$ 6.603.

Como a polivalência é muito valorizada na carreira de desenvolvedor, aqueles que agregam frameworks Javascript (.js) em seus conhecimentos se destacam no mercado e podem incrementar seus salários.

Outro dado interessante é que as empresas grandes pagam 15,9% a mais para os desenvolvedores que as empresas de menor porte, o que é uma diferença baixa em relação a outras carreiras de tecnologia.

Ou seja: os salários para a área de desenvolvimento mantêm um padrão consistente, sem grandes desvios em diferentes portes e segmentos empresariais.

Vagas para desenvolvedores Java

A pesquisa da Revelo mostra que o mercado está aquecido e a procura por profissionais de tecnologia segue em alta.

Uma das principais evidências desse quadro são as ofertas maiores do que a pretensão salarial, em um setor que já é conhecido pelos salários acima da média nacional.

Em 2019, a previsão é de que o mercado brasileiro de TI atinja US$ 671 milhões, com crescimento de 9,8% comparado a 1,1% do PIB, de acordo com a pesquisa anual da ABES em conjunto com o IDC.

Segundo os levantamentos das principais consultorias de recrutamento do país, os cargos de programador Java, desenvolvedor mobile e programador front-end/back-end estão entre as profissões mais promissoras do ano.

Uma rápida busca no portal de vagas Indeed retorna mais de 4.400 vagas para desenvolvedor e mais de 5.700 para o termo programador.

Para o termo Java, a busca resulta em mais de 2.300 vagas.

É possível encontrar vagas para desenvolvedores Javas em  todas as principais plataformas de busca de empregos, e também em redes sociais como o Facebook e LinkedIn.

Outro canal útil para encontrar vagas são as comunidades e fóruns de desenvolvedores como o GitHub, DevBrasil e Java Free.

Mas já uma opção ainda mais assertiva: plataformas para encontrar candidatos que já filtram os potenciais talentos conforme as necessidades das empresas – ou selecionam as vagas conforme interesses dos profissionais.

Recrutamento e seleção de desenvolvedores Java

Em um cenário de disputa pelos talentos de TI, o recrutamento e seleção de desenvolvedores Java é um desafio para muitas empresas.

Basta pensar que esses profissionais recebem ofertas o tempo todo, inclusive maiores que sua pretensão salarial.

No entanto, na pesquisa da Revelo, vemos que 61% das contratações não tiveram a maior oferta salarial.

Esse dado indica que os candidatos não levam em conta apenas os salários, mas outros aspectos importantes como as oportunidades de crescimento, o ambiente de trabalho e a cultura da empresa.

Para um desenvolvedor Java, nem sempre as cifras são decisivas: um cargo de confiança, uma boa margem de crescimento e um trabalho de grande impacto podem ser mais atraentes.

Outro ponto importante para atrair os devs é a qualidade do processo de seleção, que deve ser o mais ágil, inteligente e eficiente possível.

Afinal, em um mercado repleto de oportunidades, os profissionais de tecnologia não têm tempo a perder com etapas intermináveis, testes cansativos e contatos demorados.

A área de TI exige mais dinamismo nos processos e formas de seleção que usem a própria tecnologia, favorecendo o engajamento dos candidatos.

É por isso que a Revelo é o melhor canal para conectar desenvolvedores Java às empresas visionárias.

A lógica da plataforma é muito simples: os desenvolvedores se cadastram e realizam testes técnicos para comprovar suas habilidades, integrando o marketplace de talentos de alto nível.

Assim, as empresas podem buscar profissionais de qualquer especialização e senioridade, com a garantia de recrutar desenvolvedores pré-selecionados e perfeitos para suas vagas.

Para os gestores, é a chance de reduzir em até 70% o tempo de contratação e agilizar o processo seletivo.

Para os desenvolvedores, é a grande oportunidade de provar seus diferenciais e receber ofertas das melhores empresas do mercado.

Os dois lados saem ganhando com a inteligência da Revelo, que revoluciona a forma de contratar e procurar emprego ao mesmo tempo.

Se você quer recrutar o desenvolvedor Java ideal, encontrar a vaga dos sonhos ou mesmo se tornar um desses profissionais, já conhece o atalho do sucesso.

Gostou das dicas deste artigo?

Compartilhe em suas redes sociais.


Related Posts