Fintech, Legaltech, HR tech: siglas e termos que são tendência em tecnologia

0
Share

Você já ouviu falar em Fintech? Legaltech? HRtech?

Esses são algumas das siglas e termos que designam áreas de inovação que estão sendo exploradas por startups e empresas de tecnologia.

Se você ainda não teve contato com alguma dessas expressões, não se preocupe: isso vai acontecer em breve. 

E esses três exemplos são apenas uma pequena parte da erupção tecnológica que está ocorrendo neste momento. 

A evolução está ocorrendo de forma tão rápida, que “disrupção” já virou tema de conversa de bar, você já deve ter percebido.

Mas, até para quem está familiarizado com o ambiente digital, ficar atualizado de todas as nomenclaturas que envolvem esse universo não é uma tarefa muito fácil. 

Por isso, criamos um guia com os principais termos e siglas que são tendência em tecnologia. Se interessou? Confira a seguir.

Fintech, Legaltech, HR tech: setores impulsionados pela tecnologia

A tecnologia está revolucionando alguns setores da economia.

A seguir, veja algumas das principais tendências de inovação da indústria:

  • Fintech: é um dos termos mais conhecidos no Brasil. Representa as empresas que usam a tecnologia para aprimorar serviços financeiros, como remessas de dinheiro para o exterior, conta corrente em banco, entre outros.
  • Legaltech: o universo jurídico está entrando em contato com inúmeras startups que se dedicam a diferentes funções para automatizar etapas em processos com inteligência artificial e acelerar o acesso e a análise de dados do sistema Legal.
  • HR tech: a indústria gasta bilhões por ano em processos de seleção e recrutamento, e as empresas de HR tech facilitam e aceleram todas as etapas de contratação ao utilizar machine learning e outras tecnologias para conectar os melhores candidatos às melhores vagas.
  • Adtech: a área de publicidade e propaganda é o alvo de inúmeras startups que desenvolvem tecnologia para convergência de mídias, análise de big data e distribuição de anúncios em mídia programática descentralizada.
  • Agtech: também chamado de agrotech, esse tipo de empresa foca em soluções tecnológicas para a produtividade agrícola. Merece uma atenção especial no Brasil, onde o setor é essencial para o Produto Interno Bruto e para o abastecimento de mais de 200 milhões de pessoas.
  • Edtech: são as empresas que usam a tecnologia para escalar a educação e promover a acessibilidade ao ensino e a distribuição do conhecimento. Com mais de 50 milhões de estudantes, o Brasil é um grande mercado para esse tipo de startup.
  • Martech: É o termo que reúne as empresas que usam a tecnologia para revolucionar o marketing digital com a utilização de bots, algoritmos, big data e data analytics.

Esses são alguns dos setores mais explorados do momento em startups e empresas de tecnologia.

Mas outros setores, como o automotivo e de energias alternativas, também recebem atenção crescente em novos projetos. 

Além dos termos que denominam os setores, em todos eles há novas palavras, siglas, termos em inglês e abreviações que surgem e estão cada vez mais presentes no vocabulário das pessoas.

Listamos alguns deles a seguir:

Siglas e termos de tecnologia para ficar de olho

Nesse universo de tendências, vale fazer uma listinha com o significado dos seguintes termos e siglas de tecnologia:

AI

A inteligência artificial é a tecnologia utilizada para replicar o formato de inteligência humana em máquinas.

Para isso, são usados modelos neurais, análise semântica e algoritmos avançados.

Bitcoin

O bitcoin é uma moeda digital que pode ser transacionada de forma rápida e segura por meio de uma tecnologia revolucionária, o Blockchain.

Blockchain

Este registro virtual de dados, do qual o bitcoin faz uso, pode ser aproveitado por empresas de diversas áreas, já que permite uma auditoria total de transações.

Business Intelligence (BI)

A meta das ferramentas de Business Intelligence aqui é interpretação de dados de empresas, por meio de software como ERP ou CRM, para a identificação de novas oportunidades e tomada de decisões estratégicas.

Big Data

Esse termo se refere ao volume gigantesco de dados que são recebidos dos usuários diariamente.

A análise dessas informações gera insights valiosos que são utilizados em absolutamente todas as áreas, como a entrega de anúncios e a sugestão de produtos relacionados no e-commerce.

Bots

O termo não é novo, mas sua utilização e popularização, sim. Esses robôs simulam ações humanas e servem como assistentes virtuais, para oferecer respostas a dúvidas ou para facilitar acesso ou integração a outros serviços.

Os bots do Facebook, que podem ser utilizados por empresas para o atendimento virtual aos usuários, são um dos exemplos mais famosos.

CEM

“Customer Experience Management” significa “Gestão da Experiência do Usuário”.

Trata-se da análise da visão que o cliente tem da marca por meio das interações que ele tem ao longo da compra.

Cloud Computing

A computação na nuvem é o uso de armazenamento e processamento de dados e informações em servidores online.

Crowdsourcing

O crowdsourcing é o aproveitamento da sabedoria coletiva para a construção de conhecimento e de soluções.

Em uma empresa, ferramentas de crowdsourcing podem auxiliar o RH em pesquisas de clima organizacional e até ajudar a gestão a encontrar soluções para melhorias de processos internos.

Dashboards

Esse é um termo muito utilizado em BI. Os dashboards são painéis de fácil visualização que agregam informações relevantes para a tomada de decisões.

Fog computing

A computação na névoa (não confundir com a computação em nuvem) é um termo que deve entrar no seu vocabulário em 2018.

Trata-se de uma estratégia de uso do poder de processamento de um servidor remoto sem o envio integral dos dados, a fim de acelerar o processo e evitar tráfego excessivo na rede.

Gamification

A “gamificação” é um processo para engajar um usuário por meio de técnicas utilizadas em jogos digitais.

IAAS

“Infrastructure as a service” significa “infraestrutura como serviço”. É o formato de venda de infraestrutura digital (servidores) em vez de aparelhagem física.

IOT

“Internet of things” significa “internet das coisas”. É o processo de conectar objetos offline ao mundo online. Exemplos: geladeira, tênis, relógio.

LAAS

“License as a service” significa “licença como serviço”.

Nesse tipo de transação, o cliente não adquire a licença do software uma vez, mas compra a licença por um período determinado, como um mês ou um ano.

Machine Learning

O machine learning (aprendizado da máquina) refere-se à análise de dados para a criação de modelos que encontrem insights e apontem soluções para problemas.

Nesse tipo de ciência da computação, o computador aprende por meio de seus próprios erros, e não por instruções programadas.

On demand

Esse termo se refere a uma grande tendência nos negócios, que é a entrega do serviço sob demanda. O

usuário escolhe que vai comprar o filme no YouTube e, automaticamente, recebe o produto.

No Netflix, a assinatura mensal permite a visualização de qualquer um de seus conteúdos de forma instantânea.

PaaS

“Platform as a service” significa “plataforma como serviço”.

É um ambiente de desenvolvimento, testes e implementação de aplicativos na nuvem, que ajuda a reduzir custos.

P2P

“Peer to peer” significa “ponto a ponto” ou “par a par”.

Trata-se de um tipo de rede em que as duas pontas são tanto cliente quanto servidor.

Assim, ocorre uma transmissão de dados descentralizada.

Realidade virtual

É uma tecnologia de interface que promove o contato do usuário com o conteúdo da forma mais realista possível.

As plataformas tendem a ter seu custo reduzido nos próximos anos e servir não apenas para experiências em jogos, mas também para a publicidade.

SAAS

“Software as a service” significa “software como serviço”.

É uma espécie de aluguel da plataforma do produto. Com ela, o usuário não compra definitivamente o software, e sim o direito de utilizá-lo por um período determinado.

Wearables

Os dispositivos “vestíveis” são representados hoje principalmente por pulseiras e relógios.

Aos poucos, a tendência é que esses miniaparatos digitais estejam por todo o nosso corpo.

E aí, entendeu melhor termos como fintech, HRtech, legaltech e outras tendências das startups e empresas de tecnologia? Compartilhe este artigo com seus colegas nas redes sociais.

Related Posts