Home Office e maternidade: como equilibrar os dois?

0
Share

Como ficam as mães que estão trabalhando de home-office enquanto cuida do filho que não pode comparecer à escola? 

A sociedade tem reagido diante da pandemia do Novo Coronavírus. Empresas trabalhando remotamente, shoppings fechando, eventos sendo cancelados e escolas suspendendo suas atividades.

Dentro desse contexto, é preciso se adaptar e para falar sobre o assunto, chamamos a Josiana Farah, que é mãe do Benjamin e trabalha com Marketing de Produtos na Revelo.

Empatia em primeiro lugar 

“Logo quando soube da suspensão das aulas nas escolas de São Paulo, entrei em pânico! Como distrair uma criança de 4 anos ávida por diversão e conhecimento, sem me distrair e perder a produtividade nas atividades do trabalho?”, conta Josi. 

“Minha primeira ação foi comunicar esse desafio para minha gestora e meus pares. Em um momento tão delicado, contei com a empatia de todos, que me apoiaram e foram super compreensivos.” 

Mas, para a Josiana essa não foi a parte mais difícil…

Como preencher os dias do Benjamin?

“Para mim a parte mais difícil é inventar brincadeiras e atividades para ocupar os dias do meu filho. Participo de um grupo de mães e a gente se ajuda enviando dicas de brincadeiras.” 

Ela ainda brinca: “virei cliente preferencial da papelaria, comprando os mais diversos materiais: cola, purpurina, lantejoula, massinha, cartolina, canetinhas, lápis coloridos e tinta guache. Esses estão sendo os melhores amigos do Ben nesse período”, lembra. 

“Em alguns intervalos do trabalho e nos momentos de menos movimentação no prédio, desço com ele para andar de bicicleta e patinete. Além disso, ele também virou quase um campeão mundial de dominó, eu perco todas as vezes!”, brinca Josiana. 

O apoio da escola

“Recorri à escola para pedir dicas de como as mães podem distrair seus filhos neste período e eles se prontificaram a criar conteúdos diários para nos ajudar. O Benjamin faz yoga por lá também, então estou contando com videoaulas do YouTube para manter minimamente a rotina.” 

E o mais importante: amor e carinho

“Sinceramente, apesar do momento, meu filho está super feliz. Afinal, estamos próximos o dia todo agora. A gente fica tão preocupado em distraí-los, que esquecemos que amor e carinho são a melhor distração”, lembra. 

A gente se solidariza com a situação de diversas mães que estão equilibrando vida profissional em casa e o cuidado com os filhos. 

E você, como está organizando a rotina para equilibrar trabalho e família? Compartilhe o seu relato nas redes sociais com a hashtag: #SerMãeNoHomeOffice

Related Posts