Microlearning: o que é, vantagens e dicas

0
Share

Entenda tudo sobre microlearning, uma tendência de mercado que vem ganhando cada vez mais espaço na área de Recursos Humanos. Confira!

Introdução

De acordo com o estudo da Microsoft, atualmente o tempo de atenção das pessoas é em média de 8 segundos. Além disso, a capacidade de atenção está diretamente ligada à habilidade de memorizar uma informação por mais tempo.

Por isso, ficou evidente a necessidade das empresas utilizarem metodologias de aprendizagem específicas para compensar essa diminuição em relação ao tempo de atenção.

Em síntese, o objetivo do Microlearning é ensinar um conteúdo complexo em pequenas partes inseridas em sessões de aprendizagem. Por conta dessa objetividade, esse método é muito útil na Educação Corporativa. 

Para exemplificar, os conteúdos de microlearning possuem objetivos de aprendizagem bem definidos, com duração de 3 a 5 minutos. Já os cursos tradicionais de e-Learning e b-Learning, podem durar entre 30 e 60 minutos, e apresentam uma variedade mais ampla de assuntos.

Nesse cenário, o microlearning tornou-se cada vez mais popular nas empresas, especialmente entre os colaboradores millennials ou da Geração Z. Afinal, eles são mais experientes com tecnologia e estão acostumados a acessar informações rapidamente.

Quer saber como aplicar o microlearning na sua empresa? Vamos conferir!

O que é Microlearning?

a esquerda a frase Microlearning: o que é a direita a imagem de uma garoto pensativo

O microlearning é uma metodologia de aprendizagem que oferece pequenas doses de conteúdo para os alunos estudarem conforme sua conveniência. Em geral, ao apresentar as informações em partes pequenos, as pessoas conseguem reter melhor o conteúdo.

O termo em inglês, microlearning, pode ser traduzido para micro aprendizagem. Pois, o conteúdo é apresentado em pílulas de informação, pensadas para fazer parte da rotina dos colaboradores que desejam se atualizar, mas não têm disponibilidade de tempo.

Nesse método, podem ser utilizados conteúdos online como tutoriais em vídeo, podcasts de áudio, apresentações, games, e até mesmo as avaliações e testes podem ser feitos com técnicas de microlearning. 

Sem dúvida, uma das vantagens do microlearning é a capacidade de apresentar uma resposta direta para uma questão ou desafio. Por exemplo, são comuns vídeos com a duração de 59 segundos, mas que conseguem apresentar uma resposta completa.

Um estudo do especialista em aprendizado Ray Jim enez, PhD, estima que o microlearning permite que as empresas desenvolvam e-Learning até 300% mais rápido. Além disso, podem reduzir os custos de desenvolvimento dos cursos pela metade.

Os cursos de microlearning podem ser apresentados em diversos formatos, dependendo do tema e da abordagem desejada pelos idealizadores do curso. Em geral, podem ser compostos por:

  • Vídeo: os vídeos com poucos minutos de duração (entre 3 e 5 min) possuem um objetivo específico e tratam o tema de forma resumida para minimizar a sobrecarga cognitiva;

  • Áudio: assim como o conteúdo baseado em vídeo, o áudio deve ser apresentado em pequenas partes permitindo que os alunos entendam com facilidade;

  • Texto: resumos de conteúdos e dicas podem complementar o curso, mas com o cuidado de não sobrecarregar os alunos com excesso de texto. Da mesma forma, os vídeos ou áudios devem ser concisos;

  • Imagens: Gráficos, diagramas e ilustrações devem ser utilizados sempre que possível para proporcionar uma experiência de aprendizado ainda mais interessante;

  • Gamificação: usar níveis de desbloqueio dos conteúdos poderá agregar mais interatividade ao curso de microlearning. Esse recurso poderá aumentar o envolvimento do aluno, tornando a experiência de aprendizado mais divertida.

  • Quiz: pode ser usado para incluir um elemento de interatividade no conteúdo, para isso, cada lição pode ter um teste para avaliar o conhecimento naquele momento;

  • Simulações de negócios: narrativas e histórias que simulam o ambiente corporativo.

Qual objetivo do Microlearning?

Em resumo, microlearning é um formato de aprendizagem online de curta duração com foco em um único objetivo: a comunicação de uma informação para responder a alguma questão específica.

Nas empresas, essa metodologia pode ser muito útil para estabelecer uma cultura de aprendizado entre os colaboradores. Além disso, pode contribuir com a capacidade das pessoas em memorizar o conteúdo por mais tempo.

De acordo com a curva de esquecimento de Ebbinghaus, quase metade do conhecimento recém-adquirido é perdido em questão de dias, a menos que seja revisto. O segredo para superar a curva do esquecimento é rever o conteúdo com frequência.

No microlearning, esses pequenos módulos contribuem para superar a curva do esquecimento das seguintes formas:

  • Oferecendo aprendizado espaçado;
  • Proporcionando aprendizado personalizado;
  • Ajudando a recuperar o conhecimento da memória.

Qual a importância do Microlearning na educação corporativa?

a esquerda a ilustração de uma lupa na mão lendo um código escrito e a direita a frase: a importância do Microlearning na educação corporativa

Essa é a metodologia ideal para disponibilizar conteúdo em pequenas doses, facilitando a aprendizagem na rotina dos colaboradores.

Por isso, as empresas estão empregando cada vez mais esse método para tornar a educação corporativa mais eficiente e aprazível.

Além disso, o curso microlearning pode ser usado de várias maneiras para melhorar o desempenho individual e organizacional. Pois, facilita a absorção das informações com módulos mais simples de desenvolver e concluir.

Vantagens do Microlearning

Otimização de tempo

Com essa metodologia os alunos economizam tempo realizando cursos mais rapidamente. As organizações também poupam tempo, pois podem criar e atualizar cursos de microlearning com mais agilidade, quando comparado ao e-Learning.

Aumento da produtividade

Segundo pesquisas, estima-se que o método de microlearning possa reduzir os custos de desenvolvimento em 50% e aumentar a velocidade de desenvolvimento em 300%.

Fácil manutenção

Em geral, os cursos de microlearning são mais rápidos de desenvolver e implementar. Desse modo, atendem às necessidades da empresa de treinar os colaboradores com agilidade, sem demandar muito tempo em módulos demorados e complicados.

Além disso, como os cursos são de curta duração, a tendência é que o conteúdo não fique desatualizado, pois, quando for preciso, poderá ser atualizado com mais facilidade. 

Personalização

As empresas podem personalizar o conteúdo do curso de microlearning da forma que desejam, com recursos como vídeos, áudios e infográficos. Para que isso aconteça, as empresas precisam planejar os conteúdos em módulos curtos dentro de sessões.

E-learning, B-learning, Pílulas do Conhecimento e Microlearning: qual a diferença?

E-Learning

E-learning é uma modalidade de ensino à distância que fornece programas de aprendizado completos e possibilita a autoaprendizagem com o uso de tecnologias. Por isso, ficou conhecido como aprendizado online.

Além disso, os cursos de e-learning podem combinar a apresentação de vídeo aulas. Desse modo, os alunos podem assistir às aulas e estudar no seu próprio ritmo e conforme sua disponibilidade. 

Vantagens do E-Learning:

  • Divulgação e atualização dos conteúdos de forma ágil;
  • Conhecimento disponível a qualquer hora e lugar;
  • Cada aluno pode estudar no seu próprio ritmo;
  • Custos mais baixos em relação ao curso convencional;

B-Learning

O Blended Learning ou B-Learning é uma metodologia que combina o ensino a distância com aulas presenciais. Portanto, o processo de aprendizagem é acompanhado na plataforma online e também nas aulas presenciais. 

Em geral, o aprendizado misto é recomendado para programas de aprendizado organizacional mais duradouros e complexos, como treinamentos de liderança.

Vantagens do B-Learning:

  • Humanização da relação entre professor e alunos;
  • Integração e troca de experiências entre os alunos;
  • Possibilidade de desenvolver dinâmicas em grupo;
  • Avaliação dos alunos é mais simples devido ao contato presencial;
  • Melhores resultados dentro dos prazos estabelecidos;
  • Uso de mídias mais diversificadas.

Pílulas do Conhecimento

Conhecida também como Pílula do Aprendizado, as Pílulas do Conhecimento podem ser definidas por conteúdos completos e independentes, apresentados em um curto tempo de 3 a 5 minutos.

A principal diferença é que o microlearning é uma estratégia de transmissão de conteúdo realizada de forma segmentada, enquanto a Pílula do Aprendizado é o próprio conteúdo.

Vantagens das Pílulas do Conhecimento:

  • Otimização da aprendizagem em grupo;
  • Motiva o envolvimento dos colaboradores;
  • Integra-se a dispositivos digitais variados;
  • Menor interferência na rotina da equipe.

Como aplicar o Microlearning nas Empresas

a esquerda a frase: Como aplicar o Microlearning nas Empresas e a direita a ilustração de prédios comerciais

Conteúdos de Contextualização

O Microlearning pode ser aplicado para apresentar uma visão geral sobre algum tema para uma equipe ou um grupo de colaboradores, sem necessariamente se aprofundar no assunto.

Por exemplo, um novo colaborador da equipe de marketing precisa entender como emitir uma nota para pagamento no financeiro, mas não precisa saber de detalhes das operações.

Para isso, um treinamento de até 3 minutos é suficiente, dando o contexto necessário para o novo colaborador compreender as informações necessárias.

Conteúdos de Conexão

Esse método é utilizado quando a empresa deseja abordar temas de conhecimento geral, mas existe a necessidade de promover um melhor entendimento sobre o assunto.

Por exemplo, quando os colaboradores estão aprendendo em treinamentos sobre novas tendências de mercado, mas não conhecem os termos técnicos sobre este assunto. 

Neste caso, o Microlearning pode ser muito útil para ensinar termos técnicos e também auxiliar na memorização desses termos.

Microlearning no mobile learning

a esquerda a ilustração de uma mulher entrando dentro do smartphone e a direita a frase: Microlearning no mobile learning

Pílulas do conhecimento

As pílulas do conhecimento fazem parte da estratégia de microlearning, pois tem a função de desmembrar o conteúdo em etapas, para que o conhecimento seja transmitido integralmente no final do curso.

Com certeza, são um excelente recurso educacional para realizar um processo de aprendizagem rápido e constante, com o uso de um smartphone ou tablet.

Em geral, as pílulas do conhecimento podem ser apresentadas em variados formatos, dependendo das necessidades do treinamento, do nível de participação dos colaboradores e da tecnologia escolhida.

Confira alguns dos formatos:

  • Vídeo aulas;
  • Vídeos animados;
  • Quiz com gamificação;
  • Jogos de aprendizagem;
  • Tutoriais de suporte;
  • Textos;
  • Imagens e infográficos.

O uso das pílulas do conhecimento são recomendados para transmitir informações sobre procedimentos de rotina, atualização de políticas, referência de produtos e técnicas utilizadas no trabalho. 

Microlearning e mobile learning: benefícios de unir

As empresas que desejam implementar o microlearning podem começar com a implementação de cursos de microaprendizagem com atividades e interatividades com auxílio de um computador, tablet ou smartphone. 

Por exemplo, com o mobile learning podem ser utilizados jogos interativos em um aplicativo voltado à Educação Corporativa no formato de quiz, tornando o aprendizado mais interessante.

Assim, o colaborador poderá testar seus conhecimentos de forma interativa e com feedbacks instantâneos. Além disso, o gestor poderá visualizar o estado dos cursos, desempenho individual dos alunos e do curso.

Conclusão

O Microlearning é a metodologia de ensino ideal para auxiliar na educação corporativa, pois foi criado para atender as necessidades das empresas com muitos colaboradores e com um fluxo de trabalho intenso.

Para acertar na estratégia, é preciso entender que o Microlearning não é uma método para ensinar assuntos muito técnicos ou complexos. Neste caso, a empresa pode optar por cursos de B-Learning, com treinamentos completos separados em módulos.

O Microlearning é especialmente indicado para apresentar novos assuntos aos colaboradores e também para fazer atualizações sobre as tarefas de rotina importantes. Porém, sempre de forma sucinta e direta.

Em geral, suas principais aplicações são em conteúdos de contextualização e conteúdos de conexão, que funcionam como uma conexão para promover a aprendizagem e pouco tempo.

Atualmente, muitas empresas usam o microlearning para treinamento dos colaboradores. Por isso, se você trabalha com recrutamento e seleção, coloque em prática os cursos de microlearning na sua empresa. 

Assim, será mais simples oferecer treinamentos de qualidade e, consequentemente, a empresa poderá manter os colaboradores bem informados e atualizados. Além disso, os colaboradores também serão beneficiados com cursos mais ágeis e divertidos.

Revelo: sua plataforma de recrutamento tech

Gostou de saber mais sobre o microlearning, a nova forma para realizar treinamentos? Agora basta escolher a plataforma de recrutamento ideal para contratar os profissionais de tecnologia ideais para sua empresa.

A Revelo utiliza tecnologias exclusivas para pré-selecionar seus candidatos, que incluem testes técnicos e análises criteriosas que comprovam as habilidades dos profissionais.

Para isso, utiliza recursos de inteligência artificial e machine learning, que usam o poder dos dados para selecionar os talentos mais capacitados para sua empresa.

Além disso, com a opção Revelo Remoto, você pode realizar o processo seletivo de forma totalmente digital, desde a entrevista até a assinatura do contrato.

Vantagens que só a Revelo oferece

  • Acesse um marketplace tech com engajamento efetivo de 9 entre 10;
  • Descreva o perfil, escolha os candidatos e faça entrevistas na plataforma;
  • Selecione os candidatos por habilidades ou experiências profissionais;
  • Receba suporte especializado para buscar os melhores talentos para sua empresa.

Faça seu cadastro e veja uma demonstração da plataforma. Experimente!

Sobre a autora: Tárin Reis, Jornalista e Redatora especialista em conteúdo web sobre tecnologia, carreiras e capacitação profissional.

Related Posts