People Talks: ZUP

0
Share

No #People Talks de hoje, conversamos com William Pacheco, o Tech Talent Hacker da Zup Innovation. Recém-chegado em São Paulo, ele assumiu o seu novo cargo já encarando os novos desafios impostos pela quarentena.

A Zup é uma empresa de tecnologia focada em “Developer Experience”, criando produtos que otimizam o desenvolvimento de programas, e garantindo que tanto startups, quanto grandes empresas se destaquem no mercado digital . No atual momento, a empresa está em processo de expansão, tendo como meta dobrar o seu quadro de colaboradores até o final de 2020.

Na nossa entrevista descobrimos quais as medidas que a equipe está tomando para dar continuidade a esses planos. Conta pra gente Will, como tem sido essa quarentena?

Pra mim ?

Me mudei de Floripa para São Paulo antes do carnaval e estou trabalhando há dois meses na Zup. Comecei bem no meio desse processo de adaptação ao home office.

Já tinha tudo planejado, aluguei um apê que precisava passar por algumas reformas, mas elas tiveram que que ser interrompidas e até hoje não consegui fazer essa mudança. Enquanto isso não se resolve, estou morando com a minha prima.

Uma das coisas que mais me afetou foi a mudança na minha rotina de exercícios. Eu costumava ir à academia todos os dias de manhã, não faltava uma vez. Depois de um pouco de dificuldade consegui adaptar a rotina de exercícios com instrutores online.

E na empresa?

A Zup é uma empresa que se adapta rápido. Ela foi comprada pelo Itaú, o que trouxe estabilidade e oportunidade de expansão. Hoje, tudo o que precisamos para crescer é contratar mais pessoas sempre pensando em subir a régua do time. Mês passado contratamos 161 colaboradores. Agora em maio seguimos com metas audaciosas de contratação.  Estamos procurando diversos perfis da área de tecnologia como desenvolvedores, Tech Leads e QAs.

Temos escritórios em São Paulo, Campinas, Uberlândia, Belo Horizonte, Joinville e São José do Rio Preto, mas a triagem de candidatos não está necessariamente limitada a essas cidades.

A ideia é dobrar o número de colaboradores. Hoje, temos 1200 pessoas trabalhando aqui, queremos chegar a 2 mil até o final de 2020.

O que mudou ?

Não mudou tanta coisa, já estávamos acostumados com o onboarding online, por exemplo.Estamos tomando cuidados especiais para contratações fora das cidades onde temos sedes, pois isso exige alguma logística própria para o envio das máquinas. Também fizemos mudanças na nossa rede interna, fortalecendo a VPN e proporcionando acessos restritos na modalidade remota.

E o RH?

O RH em parceria com o time de Departamento Pessoal precisou se adaptar de forma rápida para não comprometer o volume de contratações. Adaptamos o cuidado na contratação deixando bem claro quais medidas estamos tomando na entrada dos novos Zuppers:

  • De acordo com uma medida provisória do governo não estamos exigindo exame admissional e demissional;
  • A carteira é assinada pelo app CTPS;
  • Os computadores são enviados para a casa dos novos Zuppers;
  • Abertura de conta salário diretamente pelo app do banco;
  • Onboarding e início do trabalho remoto.

Assim que o candidato aceita se tornar um Zupper, ele não precisa sair de casa para dar início a essa nova jornada na vida dele. Somente depois da pandemia ele fará a mudança para alguma das cidades que temos escritório.

Como está o recrutamento?

A Zup está indo na contramão do mercado. Sabemos que muitas empresas estão com dificuldades e demitindo profissionais qualificados. Estamos trazendo esses profissionais para o nosso processo para entender como podemos ajudá-los, seja contratando para a própria Zup ou até mesmo indicando para outras empresas. Foi feita uma corrente do bem, muito bacana para amenizarmos os impactos financeiros e psicológicos das pessoas que infelizmente foram afetadas pela pandemia.

O processo em si continua como antes, com uma régua alta para selecionar os melhores profissionais, além de ser 100% online.

O que está melhor?

Mesmo com a distância, a equipe consegue manter um bom relacionamento. Recentemente, a Zup completou 9 anos e comemoramos com um Happy Hour online. Teve presença dos founders no Zoom, apresentação do Tico Santa Cruz, sorteios e até cupom do Ifood pra gente pedir bebida.Mantemos checkpoints semanais para compartilharmos as dificuldades e os desafios de adaptação ao home office.
Com certa frequência vemos os filhos dos nossos colegas nas câmeras, presenciamos interrupções inesperadas  nas entrevistas com os candidatos, mas todos respeitamos tais acontecimentos e valorizamos ainda mais as interações familiares que temos dentro de casa.

Quais os desafios?

Pessoalmente, está sendo um pouco difícil distinguir quando estou “em casa” de quando estou “no trabalho”, ainda não consegui estabelecer um escritório dentro de casa, mas essa semana recebi a cadeira que utilizava no escritório da Zup e já estou notando muita diferença, tanto na postura corporal quanto na produtividade no trabalho.
O desafio de entregar máquinas para os novos Zuppers de cidades distantes das nossas sedes vem sendo sanado com um cuidado de colocarmos a data de início de acordo com o tempo da transportadora.

No mais, seguimos agradecendo pelo privilégio que temos de trabalhar na Zup que está garantindo não só o nosso emprego mas de muitos outros brasileiros.

Seguimos crescendo e impactando de forma positiva através da transformação digital.

Não se esqueça de compartilhar com seus colegas de trabalho a história do Will, e fique ligado no nosso blog com mais histórias da sessão #People Talks!

Related Posts