Como fazer um currículo atrativo para área de tecnologia

0
Share

Confira as dicas da Revelo sobre como fazer um currículo atrativo para a área de tecnologia e saiba como encontrar a oportunidade ideal para sua carreira!

Sabia que você tem apenas alguns segundos para chamar a atenção dos recrutadores que estão em busca de candidatos para uma vaga de tecnologia

Por isso, é essencial criar um currículo atrativo para participar de processos seletivos e conquistar a oportunidade ideal para sua carreira.

Você pode ser um desenvolvedor qualificado, ainda assim, seu currículo deve ser bem elaborado e compatível com o Sistema de Rastreamento de Candidatos (ATS), para que os recrutadores encontrem o seu perfil em meio a centenas de candidatos. 

Pensando nisso, a Revelo selecionou as melhores práticas para você criar um currículo atrativo para a área de tecnologia e se destacar da concorrência. Vamos conferir?

Destaque suas habilidades e experiência profissional

a esquerda a frase destaque suas habilidades e a direita a imagem das duas mãos de uma mulher usando um laptop

Destacar de forma concisa suas habilidades e experiências profissionais ajudará a obter mais visibilidade. Porém, fica sempre a dúvida, como ser conciso?

Confira algumas recomendações:

  • Descreva as tarefas e responsabilidades em seu último projeto;
  • Mencione as etapas ​​que você realizou para resolver o problema;
  • Compartilhe os resultados do seu esforço e do projeto geral;
  • Adicione dados factuais e outros insights relevantes.

Lembre-se, não mencione apenas uma lista de responsabilidades. Descreva como você agregou valor e impulsionou os resultados do projeto. Com certeza, se você adicionar dados factuais, você criará um currículo sólido e atrativo. 

Crie um currículo informativo e minimalista

Idealmente, os currículos não devem ter mais de uma página. Afinal, seu objetivo é estruturar seu currículo para que os recrutadores entendam seu perfil logo de cara.

Portanto, evite adicionar muitos detalhes para cada um dos projetos realizados, procure incluir as informações mais relevantes para a posição desejada.

Sobretudo, se você tiver um portfólio ou repositório Git, adicione o link ao seu currículo. Dessa forma, você poderá facilitar o trabalho do recrutador interessando em saber mais sobre sua experiência profissional.

Além disso, compartilhar resumidamente as conquistas do seu trabalho anterior demonstra que você é transparente e confiante sobre suas habilidades. 

Para formatar seu currículo, você pode usar o Linkedin e baixar seu currículo com as mesmas informações do seu perfil em PDF ou também pode usar um criador de currículos online.

O currículo ideal para área de tecnologia

a esquerda a ilustração de uma mão com uma lupa olhando um retrato de uma mulher e a direita a frase currículo ideal para área de tecnologia

O modelo de currículo ideal é aquele que apresenta uma disposição clara das informações, organização visual, para garantir uma leitura dinâmica para o recrutador.

Além disso, deve contar com as informações relevantes e objetivas de acordo com sua área de atuação, sem excessos de detalhes nas informações e estruturado conforme a linha do tempo.

Confira as informações essenciais para incluir no currículo:

  • Nome completo;

  • Dados pessoais: e-mail, telefone de contato, bairro, cidade, estado, perfil no Linkedin e portfólios;

  • Objetivo: especifique um cargo como Desenvolvedor front-end, UX Design, etc.

  • Formação: coloque o título do seu curso, nome da instituição de ensino e ano de conclusão e descrição dos módulos relevantes para a área.

  • Resumo: faça um resumo de suas qualificações, destaque suas principais experiências, formação e conhecimento em softwares.

  • Experiências Profissionais: inclua o nome das empresas, o tempo que trabalhou em cada uma delas, a descrição do cargo e das atividades executadas.

  • Cursos Extras: inclua cursos livres, de idiomas, informática e intercâmbios realizados.

  • Foto: inclua uma foto apenas se a empresa recrutadora solicitar.

Formações acadêmicas e cursos livres

Todo conhecimento adquirido em cursos, graduações, extensões ou especializações, são informações relevantes para incluir na formação acadêmica. Claro, desde que faça sentido para sua área de atuação pretendida.

Além disso, procure detalhar a sua formação acadêmica, incluindo nela uma descrição com alguns dos módulos mais relevantes abordados no curso e o que aprendeu neles. Veja o exemplo:

Dicas de informações por nível de carreira

  • Candidato sênior: listar experiências profissionais relevantes dos últimos anos de carreira.

  • Candidato de nível júnior e médio: incluir descrições detalhadas de cargos relevantes e uma breve menção de outros cargos: estágios, trabalhos temporários e freelancer.

  • Candidato júnior: listar e descrever todos os trabalhos já realizados, incluindo estágios, trabalho em meio período ou temporário, freelancer e projetos pessoais.

  • Candidato sem experiência profissional: incluir todas as experiências de trabalho remunerado e não remunerado: funções em organizações estudantis, estágios, estágios e voluntariado.

Lembre-se, não é necessário incluir todas as suas experiências profissionais, apenas as mais relevantes para a área pretendida.

Em média, incluir três ou quatro exemplos de experiências é suficiente. Dessa forma, você poderá manter seu currículo direcionado e objetivo.

Incluir as palavras-chave certas é crucial

Hoje em dia, a maioria dos currículos é filtrada pelo Sistema de Rastreamento de Candidatos (ATS), esse sistema ajuda as empresas a identificar, filtrar e contratar candidatos nos processos seletivos. 

Em síntese, a ATS filtra os candidatos conforme a descrição do trabalho e o conteúdo do currículo. Contudo, caso o currículo não tenha as palavras chaves certas, nunca chegará ao recrutador se o texto não estiver em sincronia com a descrição do trabalho.  

Uma dica é incluir no texto do seu currículo as palavras-chave que os recrutadores usam na descrição da vaga que você está buscando. Pois, ao usar as palavras corretas, seu currículo será mais facilmente filtrado pelo sistema ATS. 

Desse modo, a melhor opção é escrever seu objetivo profissional conforme a vaga que está concorrendo, garantindo melhor classificação nos algoritmos de recrutamento.

Por exemplo, se você estiver concorrendo a uma vaga de desenvolvedor Front-end, logo o seu objetivo profissional deve ser “Desenvolvedor Front-end”.

Dicas sobre a rede profissional LinkedIn

texto a esquerda: dicas sobre o linkedin e a direita uma ilustração de um currículo

O LinkedIn é uma ferramenta muito relevante na sua busca por recolocação. Afinal, os recrutadores podem acessar seu perfil e histórico profissional e contatá-lo diretamente.

Contudo, mais importante do que ter um perfil profissional completo nessa rede profissional, é preciso entender como usar o LinkedIn de forma estratégica.

Personalize sua URL

Em geral, os usuários do LinkedIn não customizam o link que direciona ao seu perfil, eles utilizam a URL criada pela plataforma que é às vezes uma “sopa de letrinhas”. Por isso, o mais indicado é usar seu nome ou as iniciais do seu sobrenome.

Tenha um perfil campeão

É assim que o LinkedIn chama um perfil completo, com o máximo de seções preenchidas, o que faz com que você apareça mais nos resultados de pesquisa.

Customize suas mensagens de pedido de conexão

Quebre o gelo e aproveite para explicar por que gostaria de se conectar com aquela pessoa em especial. Desse modo, a possibilidade de aceitarem seu convite cresce em mais de 90%.

Solicite recomendações para colegas de trabalho

As recomendações do LinkedIn funcionam como uma espécie de prova social e podem ser conquistadas por meio de solicitações ou de modo espontâneo, o ideal é exibir pelo menos três recomendações em seu perfil.

Siga empresas de seu interesse e os Top Voices

Seguir as empresas que tem admiração e nas quais gostaria de trabalhar, ajuda que você fique mais atualizado sobre as vagas, publicações e novidades.

De fato, acompanhar os perfis das maiores referências do Linkedin, os chamados Top Voices, pode ajudar você a ficar por dentro dos melhores conteúdos da sua área e a descobrir novas oportunidades de trabalho.

Acesse o LinkedIn com alguma frequência

Além de incluir as informações completas no seu perfil do LinkedIn, é preciso acessar a rede profissional com alguma frequência para realizar as seguintes ações:

  1. Seguir pessoas que são referência da sua área;
  2. Conectar-se com pessoas da área que deseja trabalhar;
  3. Adicionar e seguir recrutadores e perguntar sobre os processos seletivos;
  4. Seguir o perfil das empresas onde gostaria de trabalhar.

Pratique os 4 C’s do LinkedIn: conectar, comentar, curtir e compartilhar. Afinal, quanto mais mesclar suas atividades, maior a sua capacidade de ter sucesso na rede social profissional.

Quer ter certeza que seu currículo está atrativo?

Faça a análise de currículo da Revelo! Preparamos esse guia para ajudar você nas suas principais dúvidas em relação à elaboração do seu currículo para a área de tecnologia.

Para agilizar o processo, mantenha seu currículo atual aberto enquanto confere no nosso guia o que precisa ser alterado para ter um currículo mais atrativo.

Conclusão

Além das habilidades técnicas, pode ser interessante destacar no seu currículo algumas das suas soft skills, como inteligência emocional, boa comunicação, resiliência e relação interpessoal.

Assim, você demonstra ao recrutador que além de ter experiência na sua área, entende a importância de ter habilidades comportamentais para trabalhar em equipe, construir relações e lidar com problemas sobre pressão.

Com essas recomendações seu currículo irá resultar em muitos convites de entrevistas, e consequentemente, propostas de trabalho incríveis em grandes empresas.

Acima de tudo, conte sempre com os especialistas da Revelo para dúvidas de recrutamento na área de tecnologia ou uma análise de currículo mais detalhada.

Revelo: sua plataforma de recrutamento tech

Está em busca de um trabalho na área de tecnologia? Na plataforma de recrutamento Revelo você encontra oportunidades de emprego em empresas do Brasil e do exterior.

Basta se cadastrar com seu currículo, e ficar disponível para receber convites de entrevistas. Além disso, com a opção Revelo Remoto, você poderá participar do processo seletivo online, desde a entrevista, até a assinatura do contrato.

Experimente e encontre seu próximo trabalho na área de tecnologia!

Related Posts