Onboarding: o que é, boas práticas e como funciona?

0
Share

Você já ouviu falar sobre onboarding? Uma corporação que preza pela boa integração da equipe com certeza já adota esse processo.

Se você deseja que o trabalho em equipe na sua empresa flua de uma maneira mais leve e produtiva, é necessário implementar o onboarding na admissão dos seus colaboradores.

Por mais que pareça algo simples, o processo de integrar um novo membro na cultura organizacional da empresa é um grande desafio para muitos líderes.

Isso porque, nos primeiros contatos, o profissional precisa se conectar aos valores e à missão da organização logo nos primeiros dias.

Para isso, é fundamental contar com um bom planejamento para que os novos profissionais se integrem de uma maneira mais rápida.

E aí, quer saber como fazer isso através de um onboarding bem elaborado? Então continue a leitura desse artigo e fique por dentro!

O que é onboarding?

O onboarding é um processo de integração de um novo colaborador  à equipe, cultura e forma de operação da organização, com o objetivo de assegurar a adaptação e a retenção desse profissional.

Nesse processo, os colaboradores conhecem as habilidades que devem desenvolver em seu posto de trabalho e quais são os comportamentos para se tornarem parte da equipe.

O onboarding deve ocorrer logo após a contratação, um momento em que o novo colaborador está motivado e pronto para mostrar para o que veio.

Qual o conceito de onboarding?

Traduzindo a palavra, onboarding significa “a bordo” ou “embarcar”.

Dessa forma, podemos dizer que esse é o processo de integração de novos membros em uma empresa.

O onboarding é uma missão do RH familiarizar o novo colaborador com a missão, valores, equipe e setores da empresa de uma maneira eficiente. 

Por que o onboarding é importante?

Quando um novo colaborador entra na empresa, a primeira impressão que ele tem pode ser crucial para sua permanência nela ou não. Principalmente quando falamos de carreiras de tecnologia onde o turnover é ainda maior.

Tendo isso em vista, uma das melhores formas de inserir um novo colaborador de uma maneira eficiente é o onboarding que cumpre muito bem essa missão.

Veja só alguns dos diversos benefícios que o onboarding traz tanto para a empresa quanto para o colaborador.:

Crescimento do negócio

Colaboradores engajados são sinônimo de sucesso para a empresa.

Nessa realidade, o onboarding permite o estreitamento dos relacionamentos no ambiente laboral, possibilitando um maior envolvimento com as metas do negócio.

Retenção de talentos

Como mencionado acima o turnover na área tech é um assunto muito recorrente em todas as empresas. Portanto, não só a atração, mas a retenção de profissionais de alto desempenho é uma das prioridades das empresas e, para ter essas pessoas, existem diversos atrativos além do salário, como  bons benefícios,  participação nos lucros, incentivo de carreira, etc.

Além disso, alguns elementos abstratos devem ser incluídos neste pacote, como a boa relação com os gestores e colegas.

Nessa realidade, o onboarding permite a construção de uma base sólida de relações, permitindo atrair e reter profissionais talentosos.

Alinhamento às propostas

O onboarding é uma excelente forma de reunir a liderança com o contratado com a finalidade de receberem instruções diretas além de alinhar as expectativas de ambas as partes.

Aumento do engajamento dos profissionais

Ao integrar os novos profissionais ao programa de onboarding, com certeza será mais fácil estimular o engajamento entre as equipes.

Redução do turnover

Sem dúvidas, um dos pontos mais interessantes do onboarding é que ele auxilia na redução dos índices de turnover, afinal, esse processo oferecerá uma sensação de pertencimento.

Quais os formatos de onboarding?

Existem diversas formas de conduzir o onboarding, aqui, trouxemos os dois principais mais utilizados pelas empresas:

Formato clássico

No formato clássico o colaborador é recebido pelo seu superior imediato, iniciando a apresentação da empresa em uma reunião particular.

Após esse momento o colaborador é apresentado para as equipes, sendo conduzido pelo espaço físico da empresa.

No kit de boas vindas clássico o colaborador recebe todas as informações necessárias, como benefícios, salário, estrutura, cultura da empresa e primeiros passos.

Formato dinâmico

Outra forma de receber o funcionário é optando pela recepção em grupo, com eventos específicos para dar as boas-vindas aos novos colegas em forma de celebração.

Para tornar o processo ainda mais interessante, as empresas criam trilhas de integração, gamificando o onboarding.

No formato dinâmico pode ocorrer em forma de desafios, games, missões, treinamentos de alto impacto e uso de tecnologias, por exemplo.

Saiba como planejar o onboarding

Quer ter um onboarding perfeito? Vejamos agora alguns passos para planejar um onboarding de sucesso da sua empresa:

1. Crie expectativa para a recepção

Para ambientar o recém contratado envie e-mails de boas vindas! 

É interessante que nesses e-mails contenham informações que funcionem como um “teaser”, despertando as expectativas do colaborador.

Certas empresas vão mais longe e até mesmo enviam alguns mimos para a casa do funcionário nesses primeiros contatos. 

2. Prepare o líder e os colegas de trabalho

Os profissionais de RH são responsáveis pela recepção do novo colaborador, mas toda a empresa precisa estar preparada para esse momento.

Por isso, o líder deve ser treinado para acolher e orientar o profissional durante o processo e os colegas de trabalho são cruciais para a socialização.

3. Providencie tudo para o primeiro dia

Nada melhor para as boas vindas que um ambiente preparado para receber o colaborador.

Para o primeiro dia é fundamental que a estação de trabalho esteja completa, com os equipamentos funcionando, material de escritórios e aparelhos necessários.

Além disso, não se esqueça do kit de boas-vindas com crachá, manual de acolhimento, crachá de acesso ao estacionamento, chave do armário e logins.

4. Valorize o calor humano na recepção

A empatia e a comunicação devem estar em primeiro lugar no processo de onboarding.

Por isso, foque em oferecer a sensação de que o seu colaborador será recebido de braços abertos, com uma recepção calorosa que faça o profissional se sentir parte do time.

5. Nomeie um responsável pelo primeiro dia

Para o primeiro dia, é fundamental que o colaborador tenha o acompanhamento de um veterano, de preferência, o seu superior imediato.

Caso não haja disponibilidade, o RH poderá nomear “padrinhos” para a missão.

6. Trabalhe a marca empregadora

O onboarding é um momento bem interessante para promover a marca da empresa, passando a imagem de um lugar exemplar para trabalhar.

Para criar esse clima, invista na confecção de materiais personalizados para cativar o seu novo colaborador.

Aqui, vale brindes personalizados como canecas, bolsas e materiais de escritório, por exemplo.

7. Distribua os conteúdos na agenda

Informações novas é algo que não vai faltar na cabeça dos novos funcionários e o excesso poderá sobrecarregar e fazer com que ele se esqueça de boa parte do que lhe foi dito.

Para fugir desse tipo de situação, monte uma agenda das primeiras semanas para situar o colaborador sobre todas as atividades, treinamentos e reuniões que ele deve participar.

8. Marque as avaliações e feedbacks

A avaliação do desempenho do colaborador deve ser feita desde o início da sua jornada.

Por isso, o setor já pode programar a data para avaliações e feedbacks do novo funcionário.

Tecnologia aliada ao onboarding

Ao utilizar ferramentas adequadas, a tecnologia pode ser a sua maior parceira para o onboarding da sua empresa.

Veja só algumas dicas de recurso para o seu processo:

Criar uma plataforma digital

Como o novo colaborador precisa assimilar várias informações novas em um espaço tão curto de tempo, nada melhor do que contar com uma tecnologia que organize tudo.

A plataforma digital é uma maneira prática e eficiente de acelerar o processo de disponibilizar todas as informações que os novatos precisam em poucos cliques.

Utilizar as redes sociais

Para conectar os novos colaboradores, que tal utilizar os meios que eles mais se comunicam?

Uma boa opção é criar um grupo fechado no WhatsApp para conectar colaboradores novos aos colegas de trabalho, permitindo mais interações pessoais.

Gamificar os treinamentos

Um onboarding pode se tornar mais dinâmico e interessante para os seus novos colaboradores utilizando a tecnologia dos games.

Nesse modelo, os recém-chegados podem ser desafiados em missões, treinamentos, ter recompensas e muito mais!

Veja só algumas plataformas interessantes:

Kahoot

O kahoot é uma plataforma de perguntas e respostas bem dinâmica e interativa, super divertida para avaliar os conhecimentos do seu novo colaborador sobre as informações que já foram passadas para ele.

Qstream

Qstream é um software de gamificação e treinamento de funcionários que tem a capacidade de dimensionar seus esforços de treinamento de funcionários, rastrear o desempenho e medir o conhecimento.

No Qstream existem micro explicações, desafios, perguntas e respostas baseadas em cenários e recursos para aumentar a retenção de conhecimento e produtividade de seu aprendiz.

Gametize

O Gametize é um software de treinamento de gamificação empresarial que conta com uma vasta biblioteca de modelos de jogos, divididos em categorias de projetos.

No Gametize você pode avaliar o engajamento de funcionários, aprendizagem e desenvolvimento, aquisição de talentos, e muito mais. 

Conclusão

O onboarding vai muito além do que a simples integração do funcionário, esse processo é de suma importância tanto para a empresa quanto para o profissional que está iniciando essa nova etapa em sua carreira.

Nesse sentido, é fundamental que a empresa permita que o recém-chegado mergulhe no processo e tenha uma experiência de integração que agregue valor desde o primeiro dia de trabalho.

Esse momento pode ser ainda mais interessante se utilizados métodos de engajamento gamificados, evitando aqueles gigantescos textos monótonos dos modelos tradicionais de integração.

E aí, esse artigo foi útil para você? Tem muito mais conteúdo sobre gestão de pessoas de tecnologia esperando por você aqui no nosso blog!

Explore e fique por dentro dos principais assuntos que darão um upgrade no seu negócio!

Você está procurando por profissionais tecnologia para sua empresa?!

Então conheça a Revelo, a maior plataforma tech no setor de captação, contratação e gerenciamento de profissionais de carreiras de tecnologia da América Latina.

Possuímos produtos que atendem empresas nacionais e internacionais por meio de um modelo único de serviço, onde,  tanto desenvolvedores de software que estão à procura de seu primeiro emprego quanto talentos seniores que desejam dar o próximo passo na carreira se cadastram na plataforma.

Após serem validados tecnicamente por meio de uma inteligência artificial, ficam disponíveis para as empresas que, graças a filtros simples como habilidades, senioridade, diversidade e afins, podem rapidamente selecionar os melhores profissionais do mercado para iniciar seus processos seletivos. 

Desta forma oferecemos processos em até 14 dias, 95% mais assertivos e 100% humanizados!

Cadastre-se na Revelo e descubra o match perfeito entre empresas incríveis e os melhores talentos.