8 características de um ambiente de trabalho inclusivo

0
Share

O que é um ambiente de trabalho inclusivo para você?

Se você pensou em uma empresa moderna e diversa, que valoriza seus colaboradores e oferece as mesmas oportunidades para todos, está no caminho certo.

Esse é o perfil das organizações que se preocupam em oferecer um ambiente seguro, confortável e justo para todos, de forma que ninguém se sinta excluído.

Mais do que incluir diferentes perfis em suas equipes, elas se comprometem em dar voz aos colaboradores e apoiar seu crescimento profissional. 

Mas, afinal, o que torna uma empresa verdadeiramente inclusiva?

É o que você vai entender agora, com a nossa lista de características indispensáveis. 

Por que promover um ambiente de trabalho inclusivo?

O ambiente de trabalho inclusivo deixou de ser apenas uma questão ética e se tornou um diferencial competitivo nos negócios. 

É claro que a diversidade e inclusão são pautas essenciais para as empresas socialmente responsáveis e alinhadas às tendências do nosso século.

Mas essas políticas também são estratégicas, pois melhoram os resultados e formam as bases para uma cultura sólida. 

Prova disso é que 85% dos CEOs que implementaram programas de inclusão relatam o aumento da performance nos negócios como resultado, segundo a 18ª edição da pesquisa Global CEO Survey, realizada em 2015 pela PwC. 

Ou seja: quando os colaboradores de diferentes origens e realidades se sentem incluídos, valorizados e pertencentes, a tendência é o aumento do desempenho e engajamento.

Uma outra pesquisa, realizada em 2017 pela Cloverpop, mostra que as equipes inclusivas tomam decisões mais certeiras 87% das vezes e obtêm resultados 60% melhores.

Logo, os benefícios do ambiente de trabalho inclusivo vão muito além da boa reputação. 

8 características de um ambiente de trabalho inclusivo

É fácil reconhecer um ambiente de trabalho inclusivo pelo clima de satisfação e colaboração. 

Mas, para chegar nesse nível, é preciso construir a cultura inclusiva desde a base. 

Veja quais características não podem faltar. 

1.  Abertura para opinar

O primeiro passo de qualquer programa de inclusão é ouvir a voz dos colaboradores e atender às diferentes demandas.

Por isso, o ambiente de trabalho inclusivo é marcado pela abertura para opinar, sugerir e compartilhar ideias, independentemente do nível hierárquico.

Frequentemente, há canais de comunicação específicos para receber sugestões, com garantia de feedback

2. Políticas antidiscriminação

As empresas que se preocupam com o ambiente inclusivo também investem em suas próprias políticas antidiscriminação.

Alguns exemplos são os programas de combate ao assédio no ambiente de trabalho e medidas de prevenção contra o preconceito com base em raça/etnia, orientação sexual, religião, origem, etc.

Essas iniciativas podem aparecer na forma de campanhas internas de conscientização, políticas de mediação e canais de denúncia.

Além disso, os pequenos gestos também contam, como usar uma linguagem inclusiva (neutralidade de gênero), respeitar feriados de diferentes religiões e garantir opções para todas os hábitos alimentares nos eventos.  

3. Igualdade de oportunidades

O ambiente de trabalho inclusivo depende da igualdade de oportunidades, que reconhece o mérito de cada um e oferece diferentes caminhos de crescimento — de acordo com a realidade do profissional. 

Logo, as empresas que priorizam a inclusão abrem portas para o crescimento de todos, reconhecendo as competências acima das diferenças

4. Diversidade nas equipes

A diversidade nas equipes é resultado direto das políticas de inclusão, pois garante a contratação e promoção de profissionais dos mais diferentes perfis e realidades.

No caso, essas empresas assumem a missão de dar oportunidades às pessoas que costumam ser preteridas por características como idade, raça/etnia, gênero, orientação sexual, deficiência física ou condição neuroatípica. 

Inclusive, muitas organizações utilizam as cotas nas contratações, como nos programas de inclusão de PCD (pessoas com deficiências ou mobilidade reduzida). 

Mais do que tornar os processos seletivos mais justos, essa iniciativa enriquece o capital humano, trazendo as perspectivas mais diversas para o time. 

5. Acessibilidade no escritório

A adaptação do espaço físico também é um ponto essencial do ambiente de trabalho inclusivo.

Afinal, se a empresa quer mostrar que todos são bem-vindos, precisa garantir que qualquer pessoa consiga acessar suas dependências e circular pelo escritório. 

Algumas medidas são a implantação de projetos de acessibilidade (rampas, guias e alavancas), dispositivos de ajuste do ambiente (ex: iluminação, ar-condicionado) e tecnologias acessíveis (Ex: softwares de leitura de tela).

6. Liderança colaborativa

Para que o ambiente de trabalho seja inclusivo, é fundamental que a postura dos líderes reflita esse compromisso.

No caso, estamos falando de líderes que apoiam, orientam e inspiram suas equipes, sempre dispostos a considerar a opinião de todos e incentivar a autonomia de seus liderados.

Da mesma forma, esses gestores precisam receber treinamentos específicos para lidar com a diversidade e promover a inclusão.

7. Comunicação efetiva

A comunicação é um aspecto central da inclusão nas empresas, pois garante que todos se sintam parte da organização e busquem os mesmos objetivos.

Por isso, todos os colaboradores devem estar cientes de seu papel no atingimento das metas, compartilhando a mesma visão do CEO. 

Assim, todos compreendem a importância do seu trabalho e se sentem conectados à missão da empresa — um ótimo combustível para o engajamento e motivação

8. Apoio ao crescimento profissional

Por fim, o apoio ao crescimento profissional é um esforço constante no ambiente de trabalho inclusivo.

Em equipes diversas, a capacitação personalizada é essencial para auxiliar profissionais que podem se sentir excluídos ou atrasados em relação aos colegas.

Além disso, a empresa deve se comprometer com o desenvolvimento de seus colaboradores e criar planos de carreira flexíveis, garantindo que todos ocupem posições coerentes com suas competências e objetivos.

Todos esses aspectos poderiam ser resumidos em um único propósito: criar um ambiente de trabalho em que todos são respeitados, valorizados e aceitos.

É assim que você se sente na sua empresa?

Se não for o caso, você sempre pode buscar novas oportunidades — ou mesmo candidatos mais diversos, caso esteja contratando — no marketplace de talentos da Revelo.

Related Posts