Diversidade no ambiente de trabalho: como impulsionar seu negócio com equipes plurais

0
Share

Você sabe como a diversidade no ambiente de trabalho pode impactar seus resultados?

No mundo todo, as empresas estão buscando formar equipes mais plurais, com pessoas de todas as raças, gêneros, idades e origens possíveis. 

Essa tendência não se deve apenas à consciência social, mas também às vantagens que as diferenças trazem para o desempenho do negócio. 

Quer entender como a diversidade no ambiente de trabalho pode garantir seu crescimento e inovação?

Continue lendo e saiba por que os negócios inclusivos têm mais sucesso. 

O que é a diversidade no ambiente de trabalho

A diversidade no ambiente de trabalho é uma característica de empresas que contratam pessoas de diferentes origens, gêneros, idades, religiões, etnias, entre outros aspectos que marcam a pluralidade humana. 

Mais do que uma política interna, a diversidade se tornou um importante diferencial competitivo, levando organizações de todo o mundo a reverem seus critérios de recrutamento e seleção.

Na maioria dos programas de diversidade no trabalho, o foco está nos grupos prejudicados por vulnerabilidades sociais e opressões culturais, como mulheres, negros e população LGBTQ.

Historicamente, a desigualdade que afetou esses grupos teve um impacto significativo no mercado de trabalho, tornando as equipes pouco diversas.   

Hoje, com a evolução do conceito, a diversidade se tornou uma das sete principais tendências globais do ambiente corporativo, de acordo com o ranking de 2018 da Talent Lyft

Apesar disso, apenas 17% dos colaboradores-alvo das iniciativas de inclusão se dizem beneficiados nas empresas brasileiras, de acordo com o relatório Fixing the Flawed Approach to Diversity do Boston Consulting Group.

Ainda há um longo caminho para garantir a diversidade real na força de trabalho, mas os benefícios estão inspirando empresas a investir cada vez mais nesse conceito.

Benefícios da diversidade no ambiente de trabalho

Os benefícios da diversidade no ambiente de trabalho aparecem em inúmeras pesquisas e já estão sendo comprovados na prática, no dia a dia de muitas empresas.

Veja alguns dos principais motivos para apostar na inclusão e pluralidade. 

Melhora no desempenho e produtividade

Equipes formadas por profissionais de vários gêneros, raças e etnias alcançam uma performance 33% maior no trabalho, de acordo com o relatório Delivering through diversity da Mckinsey & Company.

Essa melhora no desempenho pode ser explicada pelo enriquecimento proporcionado pelos diferentes pontos de vista, além da diversidade cognitiva na equipe. 

Uma outra pesquisa da Harvard Business Review, publicada em 2017, embasa esse argumento afirmando que as equipes mais diversas conseguem resolver problemas com mais rapidez.

Afinal, quanto maior a pluralidade de ideias, mais soluções tendem a aparecer.

Tendência à inovação

Outra vantagem de contar com times mais plurais é ter um ambiente mais propício à inovação. 

Um estudo da consultoria Josh Bersin, realizado em 2015 com 150 empresas globais, comprova que as organizações mais diversas tem 1,7 mais chances de conquistar a liderança em inovação nos seus mercados.

Mais uma vez, a combinação de diferentes perspectivas explica o terreno fértil para ideias inovadoras. 

Redução do turnover

A redução do turnover também é uma consequência direta da diversidade no ambiente de trabalho.

Isso porque, quando as pessoas se sentem aceitas e valorizadas na empresa independentemente de suas características, os níveis de satisfação tendem a aumentar.

Maior atratividade para talentos

Uma pesquisa de 2014 da Glassdoor revela que dois terços dos profissionais entrevistados (67%) consideram a diversidade um critério essencial para trabalhar em uma empresa.

Isso significa que uma política de inclusão é capaz de atrair novos talentos para sua empresa e melhorar sua reputação como empregador. 

Melhora na experiência do cliente

Por fim, a experiência do cliente só tem a ganhar com o aumento da diversidade no ambiente de trabalho.

É uma lógica simples: quanto mais plural for a equipe, maior será a capacidade da empresa de compreender diferentes perfis e comportamentos do seu público-alvo

Assim, toda aquela saga para conhecer a fundo os consumidores se torna muito mais fácil, pois o olhar da empresa já abarca a diversidade internamente. 

Como promover a diversidade no ambiente de trabalho

Para promover a diversidade no ambiente de trabalho, você precisa ir além do discurso e colocar em prática as ações contra o preconceito. 

Confira algumas dicas para criar seu programa de inclusão.

1. Faça um diagnóstico da sua equipe

O primeiro passo é fazer um diagnóstico do seu estado atual em relação à diversidade.

Como suas equipes estão distribuídas em relação a gênero, etnia e idade? 

Considere também outros aspectos como classe, nacionalidade, orientação sexual e religião.

Além disso, é importante avaliar se há um único perfil predominante nas lideranças.

2. Defina políticas pró-diversidade

Ao descobrir quais são os grupos em falta na sua força de trabalho, você deverá criar políticas pró-diversidade e antidiscriminação para mudar sua cultura

Você pode, por exemplo:

  • Incluir conteúdos sobre os benefícios da diversidade nos seus treinamentos
  • Abrir um canal direto para atender casos de discriminação de qualquer tipo
  • Criar políticas de incentivo específicas para os grupos minoritários.

3. Reveja seu recrutamento e seleção

A promoção da diversidade no ambiente de trabalho só é possível com a mudança nas políticas de contratação.

Para isso, é essencial avaliar com calma o seu processo atual e identificar possíveis problemas de comunicação que estejam atrapalhando a diversidade de candidatos.

Talvez, devido ao tom da sua mensagem, você não esteja atingindo certo grupo, por exemplo, por já ter em mente um estereótipo de profissional.

Então, vale a pena rever cada ponto de seu processo seletivo, para incentivar a procura por diferentes perfis para preencher as vagas da empresa.

4. Adapte-se às necessidades diversas

Outro ponto importante é adaptar a empresa para receber colaboradores mais diversos.

No caso dos PcDs (Pessoas com Deficiência), é essencial investir na acessibilidade e criar mecanismos para lidar com limitações físicas e cognitivas.

Para pessoas religiosas, é preciso oferecer a flexibilidade necessária para que o profissional tenha folga nas datas sagradas, por exemplo. 

5. Ofereça igualdade de oportunidades

Tendo a meritocracia como base, você precisa garantir que os grupos minoritários tenham as mesmas oportunidades dentro da empresa.

Para isso, pode ser necessário criar programas específicos de desenvolvimento profissional e de liderança para compensar as desvantagens de profissionais que tiveram menos acesso à formação e experiência.

É a chamada “equidade”, que alcança a igualdade ao reconhecer a diferença.

Entendeu como você pode alcançar maior diversidade no ambiente de trabalho?

E se você quer encontrar profissionais das mais diversas origens, perfis e habilidades, experimente cadastrar sua empresa no marketplace de talentos da Revelo.

Aqui o único critério são as competências, que ficam em evidência com os nossos testes técnicos e nosso foco em talentos de alto nível. 

Related Posts